24 horas em Tel Aviv, com Ilana Berenholc

A paulistana indicou o melhor roteiro para um dia, incluindo praia, almoço, compras e drink em Israel

Passeios no calçadão da praia, em Tel Aviv

Uma imagem vale mais do que mil palavras, certo? Este é o lema da paulistana Ilana Berenholc, que sabe dar valor à apresentação pessoal.

Ela é vice-Presidente de Relações Internacionais da AICI, a maior associação de consultoria de imagem do mundo.
 
O trabalho de Ilana é fazer valer essa máxima mundão afora.
 
Ela auxilia profissionais de grandes companhias e ministra cursos de formação e treinamento para consultores de imagem de todos os cantos: Brasil, Europa, América Latina, Oriente Médio.Auxilia profissionais de grandes companhias em seus processos de transformação e ascensão.
 
Atualmente divide-se entre Brasil e Israel – foi arrastada para lá pelo coração, mesmo. Pensando nesse carinho todo, Ilana indicou para LOLA os passeios ideais para 24 horas em Tel Aviv.
 
Calçadão da praia de Tel Aviv
 
“Para uma boa caminhada ao ar livre de manhã, eu recomendo o calçadão da praia de Tel Aviv – Tayelet – inspirado pelo calçadão de Copacabana. Ele começa na Marina de Tel Aviv e vai até Jaffa, cidade multicultural que abriga o antigo e moderno de Tel Aviv. E sugiro voltar para o calçadão no fim de tarde – o pôr-do-sol é maravilhoso!”
 
Caminhada pela Cidade Branca
 
“Antes do almoço, você pode fazer uma caminhada de arquitetura e cultura, começando na Av. Rotschild, onde se encontra a maior concentração de prédios e casas históricas, principalmente no estilo Bauhaus, que deram a Tel Aviv o título de ‘Cidade Branca’ pela Unesco. Chegando no final dela, você irá encontrar o Teatro Nacional, Habima, e o auditório da Orquestra Filarmônica”.
 
Almoço no Suzana
 
“No bairro histórico de Neve Tzedek, considerado o mais badalado hoje em dia, sugiro almoçar no Suzana, 9 Shabazi Street. As mesas ficam em um terraço super gostoso, embaixo de uma árvore. Eu adoro a folha de uva recheada com arroz e molho de iogurte. Terminando o almoço, parada obrigatória é a Anita – La Mamma Del Gelato, na mesma rua (Shabazi 25). Para mim, é o melhor sorvete da cidade – e olha que não faltam boas sorveterias aqui. Sou apaixonada pelos sorvetes de chocolate amargo e pistache”.
 
Compras na Mitcham Ha’Tachana
 
“Mitcham Ha’Tachana é a antiga estação de trem entre Yaffo e Neve Tzedek, renovada e reaberta no ano passado. Ela é cheia de lojinhas de estilistas locais, além de bons lugares para comer. Minha loja preferida é a Razili. Israel tem ótimos designers de acessórios e esta loja representa alguns dos melhores daqui, com uma seleção maravilhosa de brincos, colares e pulseiras”.
 
Café Mersand
 
“Para um café após as compras: se você quiser ir para um lugar frequentado pela população local, não perca o Café Mersand, na esquina das ruas Frischman e Ben Yehuda. É um lugar super tradicional, com mesas na calçada, ótima seleção musical. Tome um ‘espresso katzar’ (espresso curto) ou um ‘café afuch’ (tipo capuccino) e peça um dos bolos (todos caseiros). O meu preferido é o de queijo”.
 
Jantar no Manta Ray
 
“Existem ótimos restaurantes em Tel Avvi. O Manta Ray é considerado um dos melhores lugares para comer frutos do mar. Fica em cima da praia. Não deixe de comer o mix de frutos do mar e experimentar uma das sobremesas deliciosas”.
 
Drink noturno no Vicky Cristina
 
“No Mitcham Ha’Tachana existe um restaurante, tapas e wine bar chamado Vicky Cristina, com tapas deliciosas. O lugar é super descontraído, com mesas ao ar livre – e vive lotado”.
 
Hora de dormir
 
“O hotel David Intercontinental é um dos lugares onde se hospedam os famosos que vêm para cá, como Madonna. A vista é deslumbrante e a localização é ótima: perto da praia, do calçadão, Jaffa”.

24 horas em Tel Aviv, com Ilana Berenholc

Jaffa, a cidade multicultural que abriga o antigo e moderno de Tel Aviv

 

☆ Será que seu signo tem a ver com o signo do crush? Entenda o que é e do que fala a sinastria ☆