9 animais que foram ajudados pela tecnologia

Graças ao avanço tecnológico, estas fofuras voltaram a andar, nadar, comer… E agora podem ter uma vida normal novamente!

Se existe algo que nos ajuda todos os dias – e só melhora com o passar dos anos – , isso é, sem dúvida, a tecnologia. Seja no ramo da medicina, no entretenimento ou na indústria, ela evolui e nos presenteia com itens que deixam nossa vida muito mais fácil.

Graças ao avanço tecnológico, atualmente nós – meros humanos – não somos os únicos beneficiados nessa história. Com o surgimento da impressora 3D, por exemplo, veterinários do mundo todo estão conseguindo criar próteses para animais que perderam membros do corpo em algum acidente ou por maus-tratos.

E como nós amamos ver esses bichinhos felizes e saudáveis, separamos a história de nove animais que foram beneficiados, de alguma forma, pela nossa tecnologia!

Quando este cachorrinho precisou colocar aparelho dentário

Molly Moore Molly Moore

Molly Moore (/)

O cachorrinho tinha sérios problemas com sua mordida e, por isso, não conseguia comer direito e sofreu perda de peso. Até que um dia, a dona do peludo, que é veterinária e filha de um dentista de cachorros, resolveu levar o pequeno para arrumar a dentição com o uso de um aparelho ortodôntico. Desde então, ela voltou a conviver com um animalzinho supersorridente e carinhoso!

Quando este peixe ganhou um olho de vidro

Reprodução/Fox 2 Reprodução/Fox 2

Reprodução/Fox 2 (/)

Kiwi vive em Missouri, nos Estados Unidos, e precisou passar por uma cirurgia para tratar de catarata e acabou perdendo um dos olhos. Logo que voltou para o aquário, o peixinho começou a sofrer com a exclusão, preconceito e até agressão por parte dos outros peixes. Para resolver a situação, a veterinária Megan Baebler presenteou Kiwi com uma prótese ocular, para que ele fosse aceito novamente por seus colegas. E não é que deu certo? ❤

Quando este jabuti voltou a andar graças a um carrinho

Caters News Agency Caters News Agency

Caters News Agency (/)

Tonka teve uma de suas patas arrancada por um cachorro e, por conta disso, tinha sérias dificuldades de locomoção. Ao ser encontrado pelos funcionários da Sociedade Humanitária Península, localizada na Califórnia, este problema foi resolvido. O jabuti recebeu uma prótese, como se fosse uma cadeira de rodas, que contém um chassi com três eixos e seis rodas. E dá para acreditar que a peça foi retirada de um carrinho de brinquedo?!

Quando este golfinho ganhou uma cauda nova

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Fuji, que viveu em um aquário, localizado em Okinawa, sul do Japão, sofreu com uma doença degenerativa e precisou arrancar parte de sua cauda. Isso o impossibilitou de seguir com a vida e com seus números no parque.

Pensando no bem estar do bichinho, os engenheiros da Bridgestone criaram uma cauda de borracha, para que Fuji pudesse voltar a nadar! Incrível, né?

Quando esta arara ganhou uma prótese para o bico

Cícero Moraes Cícero Moraes

Cícero Moraes (/)

A arara Gigi foi encontrada na cidade de Praia Grande, no litoral paulista, pela Polícia Federal, e levada para o Centro de Pesquisa e Triagem de Animais Selvagens (CEPTAS) com uma deformidade no bico que a impedia de se alimentar normalmente.

Após pesquisar formas de ajudá-la, a equipe do lugar entrou em contato com a Animal Avengers – grupo formado pelo designer 3D Cícero Moraes e alguns veterinários -, que desenvolveu uma prótese para Gigi com a ajuda de uma impressora 3D. O material usado foi um tipo de metal, para que ela possa se alimentar sem maiores problemas.

Gigi, inclusive, foi a primeira ave a receber uma prótese feita de metal! #GigiLacradora

Quando este cachorro recebeu quatro patinhas novas

Antes de ser o primeiro cachorro a receber quatro patas biônicas, Naki’o passou por momentos bem complicados. Com apenas cinco semanas de vida, o pequeno foi abandonado e ficou preso em uma poça d’água, o que fez com que as quatro patinhas sofressem necrose.

A vida de Naki’o mudou quando ele foi adotado por uma veterinária que resolveu correr atrás de um tratamento para o bichinho. E teve final feliz: a dona conseguiu que uma empresa fizesse as próteses para seu cachorrinho. Muito amor, né?

Quando este tucano se livrou da eutanásia ao receber um bico novo

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Bicolino nasceu com uma má formação no bico superior e, por isso, tinha grandes dificuldades para se alimentar. O pouco alimento ingerido pelo animal tinha que ser dado diretamente na boca dele pelos cuidadores do Centro de Capacitação e Pesquisa em Meio Ambiente (CEPEMA), da Universidade de São Paulo (USP), em Cubatão (SP), onde a ave recebia atendimento antes da cirurgia.

Para evitar a morte do animal, a equipe da Animal Avengers entrou em cena mais uma vez e desenvolveu um novo bico para a ave, que foi operada no Centro Médico Veterinário da Unimonte.

Quando este gatinho recebeu próteses para suas patas traseiras

Oscar recebeu novas patinhas traseiras implantadas para que voltasse a ter todos os movimentos e a vida normal de um gato – que inclui muitos pulos e corridas por aí!

O procedimento foi realizado pelo Dr. Noel Fitzpatrick, um profissional renomado de Londres, e é um dos primeiros casos de próteses ligadas diretamente aos ossos do bichano.

Quando este passarinho ganhou sapatos especiais

Lorraine Barbosa/California Wildlife Center Lorraine Barbosa/California Wildlife Center

Lorraine Barbosa/California Wildlife Center (/)

O pessoal do California Wildlife Center, uma clinica veterinária dos EUA, resgatou este passarinho que, por algum motivo ainda desconhecido, estava com as patinhas totalmente viradas para trás. Com os pés desse jeito, o animal não consegue se locomover e coletar os alimentos de que precisa.

Segundo Duane Tom, um dos veterinários responsáveis pela clínica, o pássaro não precisava passar por cirurgia. Basta usar este par de sapatos especiais, feitos com papelão. Assim, gradativamente, as patinhas voltarão ao normal.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s