Antes e depois: os craques na primeira Copa em que jogaram e em 2018

Na Rússia tem até jogador que vem disputando a Copa do Mundo desde 2002. Dá para acreditar?

A cada Copa do Mundo novos craques fazem sua estreia no campeonato de futebol mais importante do mundo, mas alguns jogadores já são veteranos. Curiosamente, o atleta mais velho a jogar na Rússia, o goleiro egípcio Essam El-Hadary participou do Mundial pela primeira vez em 2018, aos 45 anos. A última vez que o Egito havia se classificado para a Copa foi em 1990, por isso Essam só estreou agora no campeonato.

O segundo jogador mais velho é Rafael Marquez, do México, e esse já briga pela taça há muitos anos. O cara jogou na Copa de 2002, dá para acreditar? Foi o ano do penta, ou seja, parece ter sido em outra vida!

O mexicano é uma exceção dentre os jogadores, mas há outros craques que também já conhecem a Copa de outros carnavais. Confira aqui o antes e depois de alguns deles.

Cristiano Ronaldo – Portugal

O CR7, ídolo absoluto, desses que conseguem marcar três gols na mesma partida – e contra a Espanha! -, estreou nas Copas há mais de uma década. A primeira participação dele foi em 2006, na Alemanha. Hoje Cristiano Ronaldo tem 33 anos e, de lá para cá, fincou seu nome na história como um dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos.

 (Ben Radford/Maddie Meyer/Getty Images)

Manuel Neuer – Alemanha

O goleiro estreou nas Copas em 2010 e as coisas foram BEM diferentes para a Alemanha naquele ano. Na África do Sul, Neuer só sofreu um gol durante a fase de grupos. Na Rússia, como 10 entre 10 brasileiros sabem, o goleiro e seus colegas já estão em casa, pois a Alemanha não se classificou para as oitavas.

Neymar – Brasil

O menino Ney defendeu o Brasil pela primeira vez em uma Copa na edição de 2014, aos 22 anos. Estreou em casa, mas o sonho do hexa não se concretizou. Será que agora vem? PS: o cabelo loiro já era marca registrada quatro anos atrás.

 (Jamie McDonald/Buda Mendes/Getty Images)

Gerard Piqué – Espanha

Um dos maiores musos das Copas, Piqué fez sua estreia no campeonato em 2010, aos 23 anos. Não mudou nadinha e continua lindo, né?

 (Jamie McDonald/Maddie Meyer/Getty Images)

Andrés Iniesta – Espanha

Quem mudou consideravelmente foi Iniesta, que é colega de Piqué na Seleção Espanhola. Mas é porque ele estreou nas Copas quatro anos antes, em 2006.

Lionel Messi – Argentina

Sabe quem também estava na Alemanha em 2006? Ele mesmo, o craque argentino. Quanta diferença, não? O tempo só te fez bem, Messi! Eleito o melhor do mundo cinco vezes, ele completou 31 anos durante a Copa 2018.

 (Jan Pitman/Dan Mullan/Getty Images)

Rafael Marquez – México

Segundo jogador mais velho nos jogos da Rússia, Marquez tem 39 anos e essa é sua quinta Copa. O zagueiro mexicano joga profissionalmente desde 1996, dá para acreditar? Assim como ele, apenas outros três atletas jogaram em cinco Copas do Mundo até hoje.

 (Laurence Griffiths/Alex Grimm/Getty Images)

Luis Suárez – Uruguai

O ídolo uruguaio – conhecido por morder adversários em campo – jogou pela primeira vez na Copa em 2010. Ele tem 31 anos atualmente.

 (Doug Pensinger/Dean Mouhtaropoulos/Getty Images)

Tim Cahill – Austrália

Considerado um dos maiores jogadores australianos de todos os tempos, Cahill estreou nas Copas em 2006. Ele só não competiu em 2002, pois já havia jogado pela Seleção da Samoa anteriormente e uma regra da Fifa – alterada em 2004 – impedia que um jogador defendesse dois países ao longo da vida, mesmo com dupla nacionalidade. Hoje ele tem 39 anos e é o quarto jogador mais velho da Copa 2018.

 (Robert Cianflone/Michael Steele/Getty Images)