Este homem negou que Trump é racista. E ela deu a melhor resposta

"Me desculpe, mas se você é um homem branco, não cabe a você dizer o que é racismo", disse a escritora Chimamanda Ngozi Adichi.

A escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichi é uma inspiração e tanto! Autora dos importantes “Americanah” e “Sejamos Todos Feministas”, adaptação deste discurso fundamental feito no TEDx Euston, ela esteve no BCC Newsnight para discutir a eleição de Donald Trump nos Estados Unidos.

E, bem, tudo certo até o momento no qual R. Emmet Tyrell, também um dos convidados do programa e editor-chefe da revista “American Spectator”, conhecida por ter um viés conservador, resolveu negar o notório racismo do presidente eleito.

“Não é verdade. Ele nunca foi racista”, afirmou de “pés juntos” o jornalista. Por acaso ele esqueceu de todas as coisas horríveis ditas por Trump?

E aí não deu mais e a autora precisou intervir. “Me desculpe, mas se você é um homem branco, não cabe a você dizer o que é racismo. Não mesmo”, pontuou ela de forma brilhante.

Óbvio, Tyrell tentou deslegitimar a fala de Adiche ao citar a teoria maxista da falsa ideologia:”Então, eu não posso nem abrir minha boca aqui por eu ser um homem branco”.

Mas, né, como um ser humano iluminado, a escritora resolveu desenhar para ele:

“Não, você não senta aqui e diz que ele não é racista. Objetivamente falando, Donald Trump é racista. Isso não é sobre a sua opinião é sobre um fato”.

Assista ao momento.