Com o fim do horário de verão, você deve adiantar ou atrasar seu relógio?

Não erre na hora de ajustar seus relógios para a hora certa - com o fim do horário de verão, os dias ficam mais curtos.

O horário de verão termina às 23h59 do sábado 16 de fevereiro – para a tristeza de muitos e a alegria de outros tantos. O ajuste no relógio, feito em meados de outubro e que acontece em dez estados do Brasil e no Distrito Federal, tem como objetivo minimizar a sobrecarga no consumo de energia elétrica. Com o término do horário de verão, é preciso ajustar os relógios novamente – mas o certo é adiantar ou atrasar?

O correto, ao fim do horário de verão, é atrasar o relógio em uma hora. Ou seja, quando der 23h59 do dia 16, ajuste seu relógio de forma que ele marque 23h novamente. Essa é o momento em que você “recupera” a hora “perdida” de quando o horário de verão começou. Isso vale para os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

Com isso – e com a proximidade do fim da estação mais quente do ano – os dias começam a ser mais curtos. Se atualmente em São Paulo o por-do-sol tem sido por volta das 19h45, passará a ser às 18h45, e progressivamente cada vez mais cedo. Já o nascer do sol, que atualmente é às 6h50, será às 5h50 – bom para quem acorda cedo!

Celulares e computadores, em geral, ajustam os relógios automaticamente, se devidamente configurados para isso. Mas não custa nada checar no domingo se está tudo certo: sites como o “Horário de Brasília” informam a hora certa.

☆ Tudo sobre o misterioso signo de Escorpião ☆