Em coma há 14 anos, mulher é estuprada e dá à luz em clínica nos EUA

Clínica diz não saber como o estupro aconteceu; bebê passa bem.

Uma mulher em coma há 14 anos, internada em uma clínica próxima à cidade de Phoenix, no Arizona, Estados Unidos, deu à luz um bebê no último dia 29 de dezembro. A polícia investiga o estupro que teria resultado na gravidez da paciente.

De acordo com a clínica, chamada Hacienda HealthCare, os funcionários não sabiam que a paciente estava grávida e se surpreenderam com o nascimento do bebê. A paciente precisava de cuidados constantes, e por isso muitos funcionários tinham acesso ao quarto onde ela estava internada.

No momento do parto, uma enfermeira que estava no quarto auxiliou no nascimento do bebê, que passa bem.

Embora a clínica não tenha muitas respostas sobre o que aconteceu com a mulher, o protocolo de segurança foi modificado, e agora qualquer homem tem de estar acompanhado de uma mulher ao entrar no quarto de pacientes do sexo feminino.