Essa nova-iorquina faz joias maravilhosas em formato de clitóris

Depois de pesquisadores franceses realizarem a primeira reprodução 3D da estrutura COMPLETA do clitóris, por que não ostentá-la orgulhosamente por aí?

Quando a redação do MdeMulher viu pela primeira vez a versão 3D do clitóris, ficamos enlouquecidas: primeiro de tudo porque, muito diferente do que a gente vê a olho nu, ele nos pareceu uma espécie de Pokémon muito doido; depois, porque pensamos que ele com certeza ficaria maravilhoso em um colar.

E não é que alguém teve a mesma ideia que a gente? A artista nova-iorquina Orien O’Neill criou uma linha de joias inspiradas no clitóris.

Em seu site, ela fala sobre como o órgão é algo “que todos conhecemos, mas sobre o qual provavelmente sabemos muito pouco”. Você sabia, por exemplo, que ele pode aumentar em sete vezes seu tamanho e  sensibilidade ao longo da vida?

Dá uma olhada nas obras de O’Neill:

View this post on Instagram

Max n her #clitoring

A post shared by penelopijones (@penelopijones) on

A estrutura completa do clitóris foi reproduzida pela primeira vez em 2009 pelos pesquisadores franceses Odile Buisson e Pierre Foldès. Em setembro deste ano, uma miniatura do clitóris foi introduzida, graças a esforços de Odile, em aulas de educação sexual em todo o território francês.

clitoris-3d_0

“Ao entender a função principal do clitóris, uma mulher pode parar de sentir vergonha, ou de pensar que é anormal se a penetração não for o suficiente para ela“, explicou a moça, na época, ao jornal britânico The Guardian. “Diante dos dados anatômicos, é isso que acontece com a maior parte das mulheres”.

Muito além de não sentir vergonha, com a descoberta de Odile e as criações de Orien é possível ostentar orgulhosamente o seu clitóris. Porque o nosso corpo é maravilhoso!