Famosos revelam como a espiritualidade pode melhorar a vida

Fique por dentro das religiões das celebridades para aumentar sua espiritualidade

Famosos revelam como a espiritualidade pode melhorar a vida

Lília Cabral e Hebe Camargo são devotas de Nossa Senhora de Fátima
Foto: Dario Zalis/ Revista CONTIGO! e Ricardo Santos

Em qual momento da vida você recorre à fé e à espiritualidade? Várias pessoas rezam ou realizam seus rituais em busca de respostas, mas outras fazem da fé um estímulo para o dia a dia – tanto para procurar ajuda, quanto para agradecer pelo que conseguem.

Auro del Giglio, professor responsável pela disciplina de Oncologia e Hematologia da Faculdade de Medicina do ABC acredita que pacientes com um lado espiritual desenvolvido têm um apoio adicional para enfrentar as dificuldades do diagnóstico e tratamento dos seus tumores. “É um benefício para quem está doente. Os médicos devem, ao meu ver, encorajar os pacientes a abordar o lado espiritual de suas vidas”.

Famosos fazem da fé uma motivação para seguir adiante nas alegrias e nas adversidades. Veja como cada um lida com o assunto.

Devota na vida real e na ficção

Lília Cabral, 48 anos, atriz

Assim como sua personagem Griselda, em “Fina Estampa”, Lília Cabral é devota de Nossa Senhora de Fátima. Católica assumida, a atriz ainda acredita que sua mãe, no céu, a ajuda a conquistar o sucesso. E bota sucesso nisso! “Eu rezo bastante. Minha dedicação a Nossa Senhora de Fátima é verdade, não é falsa, não”, assume.

Fé e alegria de viver

Hebe Camargo, 82 anos, apresentadora

Devota fiel a Nossa Senhora de Fátima e Nossa Senhora Aparecida, Hebe nunca deixa suas santinhas de lado, nem quando viaja. Quando descobriu que tinha câncer, em janeiro de 2010, a apresentadora, que sempre rezou pelos outros, resolveu pedir por si mesma. “Abri uma exceção porque achei que, desta vez, meu problema era muito sério”, diz.

Hebe conversa com ambas as santas, mas diz não ter preferência. “Sempre que falo com uma, tenho de agradar a outra também, senão elas ficam com ciúme”, brinca com sua irreverência e alegria. E, além da fé, pode-se dizer que a felicidade e a vontade de superar os problemas ajudam, e muito, a nossa diva!

Reynaldo Gianecchini e Claudia Leitte não seguem uma religião específica, mas têm muita fé
Foto: Divulgação e Silvia Santana

“É preciso olhar sempre para a frente”

Claudia Leitte, 31 anos, cantora

A cantora não tem religião, mas acredita em Deus. “Eu acredito que Deus está nas relações. É horizontal. Ele é muito acessível”, diz. Ela conta que reza bastante e que Deus fala com a gente o tempo todo. “Ele emite os sinais. As pessoas falam muito do ‘Orai e Vigiai’. Não é para vigiar o mal, mas é para vigiar os sinais Dele e se proteger do mal. A gente não tem que gastar energia com olho-grande, com inveja alheia, com quem tem raiva de nós. Se preocupar com isso é sair do foco. É preciso olhar para a frente sempre – ou para o lado, se for para ajudar”. E completa: “Quando você fica irada ou se preocupa com alguém que te chateou, não está favorecendo Deus na sua vida”. Fique atenta e mantenha sempre a positividade!

“Tenho mais é que dizer obrigado”

Reynaldo Gianecchini, 39 anos, ator

Após descobrir que estava com câncer, Reynaldo Gianecchini agarrou-se à religião de seu pai, o espiritismo. O ator passou até por uma cirurgia espiritual à distância. “Fisicamente, não senti nada. Eu sinto a força de uma energia muito boa, de uma corrente boa de amor, isso eu sinto o tempo todo”, revela. Gianecchini já se interessou por muitas religiões: espiritismo, evangelismo, budismo e candomblé. Porém, ele ainda não segue nenhuma. Mas fé, ele tem de sobra. “Tenho meu Deus, para quem rezo todos os dias – e rezo sempre! Gosto de agradecer. Apesar dos meus esforços, acho que recebo muito. Tenho mais é que dizer obrigado”, conta o ator.

Famosos revelam como a espiritualidade pode melhorar a vida

Christiane Torloni e Juliana Paes são muito espirituais
Foto: Divulgação/Rede Globo e Marcia Alves

“Aprendi a não pensar no corpo”

Christiane Torloni, 54 anos, atriz

A atriz, que interpreta Tereza Cristina, em “Fina Estampa”, se declara budista. Ela medita diariamente e aprendeu muito com a prática. Christiane é sempre zen. “O budismo me ajudou a não ficar paranoica com o físico. Não tenho uma relação de adoração com meu corpo, mas de profunda admiração. E aprendi isso com o budismo, onde praticamos o desapego à autoimagem”, conta. É um aprendizado e tanto para quem vive num mundo em que o corpo perfeito é um dos maiores objetivos.

“Fiz algo muito legal na outra vida”

Juliana Paes, 33 anos, atriz

Ela não tem religião, mas acredita em vida após a morte. “Acredito que estamos aqui para nos desenvolvermos espiritualmente. Não vejo Deus como punidor. Quanto mais resignação diante do que é ruim, maior o crescimento”. Ela também participa de sessões no centro de umbanda de sua avó, no Rio. Mesmo com a fama, Juliana não perde a humildade. “As pessoas querem que você acredite nesse mundo de glamour, mas isso não importa. Estamos apenas de passagem. Toda a sorte que tenho é porque devo ter feito algo muito legal na vida passada”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s