Haters confundem homenagem a Pink Floyd com campanha pró-LGBT

Ao fazer um post em homenagem à banda Pink Floyd, a Polenguinho foi atacada por gente que confundiu as bolas e achou que era uma campanha pró-LGBT.

Em um recente post feito no Facebook, a página do Polenguinho pretendia apenas fazer uma brincadeirinha com o álbum Dark Side of The Moon, do Pink Floyd, mas acabou gerando polêmica. Isso por que a capa do disco mostra um arco-íris sendo projetado através de um triângulo – que foi substituído por um Polenguinho na imagem postada.

Ao pensar que se tratava de uma propaganda pró-LGBT, algumas pessoas criticaram a marca até anunciaram boicote – como na recente polêmica envolvendo a marca de sabão Omo. Frente à confusão, a página resolveu até lançar uma explicação sobre o que inspirou o card.

Comentário Polenguinho 1

 (Polenguinho/Facebook)

Comentário Polenguinho 2

 (Polenguinho/Facebook)

Pink Floyd - Polenguinho

 (Polenguinho/Facebook)

Depois disso os ânimos se acalmaram e o post acabou ganhando uma projeção superfavorável para a marca. Atualmente, o número de comentários positivos é enorme no post e os negativos foram apagados – por que ninguém curte passar vergonha, né? Ao final, a situação vêm sendo motivo de piada.

Frente a tantos casos de discurso de ódio e difamação que inundam a internet, o caso da Polenguinho não se trata de um marco emblemático. Os haters nem fizeram cócegas dessa vez.

Mesmo assim, é importante perceber que o fato escancara um sintoma preocupante da época em que estamos vivendo: tem muita gente disposta a distribuir ataques na internet sem nem saber do que está falando, sem se dar ao trabalho de refletir por dois segundos antes de destilar ódio através do teclado.

 

☆ Pedras, cristais e rituais de proteção: saiba como usar ☆