Início do horário de verão 2018 é adiado para 18 de novembro

A mudança aconteceu a pedido do Ministério da Educação, para não prejudicar os estudantes que vão fazer Enem.

O início do horário de verão – amado por uns, odiado por outros – foi adiado pelo governo federal. A data que havia sido definida anteriormente coincide com o primeiro dia da aplicação do Enem, Exame Nacional do Ensino Médio, em 4 de novembro. Para evitar problemas relacionados ao horário de entrada e de aplicação da prova, o governo acatou um pedido do Ministério da Educação e adiou o início do horário de verão para 18 de novembro.

O horário de verão vigora anualmente no Brasil desde 1985. O objetivo da medida, que faz com que parte do Brasil tenha de ajustar os relógios, é economizar energia elétrica, fazendo com que os dias sejam mais longos.

Veja também

Atrasar ou adiantar o relógio?

Quando o horário de verão entrar em vigor, a meia-noite de 18 de novembro, os moradores dos estados Espírito Santo, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná terão de adiantar o relógio em uma hora.

Já os moradores dos demais estados não devem fazer nada, e, enquanto o horário de verão vigorar, até o fim do dia 16 de fevereiro de 2019, ficarão com o horário diferente.