João Vicente de Castro resgata e dá novo lar a animais de rua

Para ajudar a retirar bichos de situações de risco e dar a eles a assistência adequada, João Vicente de Castro se tornou embaixador da Ampara Animal.

Quando ainda trabalhava como roteirista do Caldeirão do Huck, em 2012, o ator e humorista João Vicente de Castro, 33 anos, se engajou em uma operação capitaneada pela produção do programa de TV para resgatar duas elefantas abandonadas em um zoológico desativado na cidade de Salete, interior de Santa Catarina.

O local ficava dentro de um hotel que fora fechado por autoridades, e o proprietário decidiu deixá-las por lá, sem alimentação ou espaço adequado para viver. João então se ocupou de ajudar a viabilizar um traslado dos animais para o Zoológico de São Paulo. A iniciativa deu certo, foi devidamente televisionada e, até hoje, elas vivem saudáveis no novo endereço. “Acho que foi a história mais emocionante que vivi com animais. Elas iam morrer. Essa era a intenção do dono do lugar”, diz o ator, que desde criança se sensibiliza com o assunto. “Minha mãe conta que, sempre que eu via um cachorro largado por seu dono, eu chorava.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Jõao Vicente posa para um calendário beneficiente da organização.

Na infância, passava férias em Pelotas, no Rio Grande do Sul, e lidava com muitos bichos. Cuidar deles era a minha Disney”, define. Quase na mesma época do episódio das elefantas, ele se tornou embaixador da Ampara Animal (Associação das Mulheres Protetoras dos Animais Rejeitados e Abandonados). A instituição existe desde 2010 e promove campanhas educativas sobre adoção e esterilização de cães e gatos, além de oferecer suporte a mais de 200 abrigos com doações de medicamentos, vacinas, alimentos e auxílio no atendimento veterinário. “Por mês, estimamos em torno de 10 mil animais beneficiados”, conta Juliana Camargo, uma das fundadoras da Ampara. 

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Marcele Becker e Juliana Camargo, fundadoras da Ampara Animal.     

Atualmente, a organização está criando também ações direcionadas a animais silvestres. João Vicente participa dessas iniciativas de maneira ampla. “Sou um ativista e tenho várias funções, desde chamar a atenção da mídia para o assunto até fazer o resgate dos animais nas ruas ou o link entre eles e os protetores que irão recebê-los. Só quem não pode sofrer é o animal”, explica.     

EM NÚMEROS:

1,5 mil cães e gatos retirados das ruas e adotados por abrigos em todo o país.  

500 mil animais beneficiados pelas ações.     

300 mil bichos já receberam medicamentos e atendimento veterinário.     

500 toneladas de ração foram distribuídas.     

COMO AJUDAR:

Acesse os links e conheça melhor a instituição.

– amparaanimal.org.br

– Facebook/amparanimal     

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s