“Lésbica” não é mais sinônimo de “pornô lésbico” no Google; entenda

Anteriormente, ao pesquisar por "lésbica" os principais resultados de busca levavam a páginas de pornografia.

Na pluralidade da luta pelos direitos da comunidade LGBT, as lésbicas e mulheres bissexuais têm um leque de pautas específicas que inclui, por exemplo, a busca pelo fim da fetichização das mulheres que se relacionam com mulheres. Nesse contexto, é bem antiga a problematização do fato de que, no Google, a busca pelo termo “lésbica” direcionasse o usuário a um vasto leque de páginas de pornografia, em vez de mostrar conteúdo noticioso sobre o tema.

Meses atrás, mulheres francesas lançaram no Twitter a campanha #SEOlesbienne, o que acabou chamando a atenção da mídia no país. SEO é a sigla para Search Engine Optimization, ou seja, otimização de mecanismos de busca. Ou seja, essa ação tinha o intuito específico de pressionar o maior buscador de conteúdo da internet a modificar o algoritmo das pesquisas relacionadas ao termo “lesbienne” (lésbica, em francês).

Na França, o site Numerama passou a buscar uma resposta da Google para o problema. “Eu acho que esses resultados são terríveis, não há dúvida sobre isso”, teria dito, em junho, o vice-presidente de qualidade de busca da Google, Pandu Nayak, ao Numerama.

E eis que agora é visível a mudança na ferramenta de pesquisa. Basta digitar “lésbica” no buscador para ver a diferença. Atualmente, os principais resultados são justamente reportagens a respeito da mudança no algoritmo, mas a gente também encontra diversos outros conteúdos em destaque. “Lésbica” não é mais sinônimo de “pornô lésbico” nas buscas.

 (Google/Print de Tela/Reprodução)

Procurada pelo MdeMulher, a Google frisa que está constantemente aprimorando seus mecanismos de pesquisa. Segundo a assessoria de imprensa da empresa, foram realizados cerca de 3,2 mil aprimoramentos só em 2018 – e esse é um esforço que nunca chega ao fim.

“Trabalhamos muito para evitar que conteúdo potencialmente ofensivo apareça nos resultados da Busca quando os usuários não estiverem pesquisando explicitamente por esse conteúdo. Reconhecemos que os resultados para a consulta ‘lesbienne’ em francês estão abaixo das nossas expectativas e, como parte de nosso trabalho contínuo para melhorar a Busca, desenvolvemos uma solução algorítmica para que possamos fornecer resultados de alta qualidade não apenas para essa consulta, mas para vários outros tipos”, diz o comunicado oficial.

☆ Será que seu signo tem a ver com o signo do crush? Entenda o que é e do que fala a sinastria ☆