Lições de Angélica para ser feliz

A apresentadora Angélica revela quais lições lhe ajudam na conquista da felicidade e dá dicas preciosas para garantir bem-estar no dia a dia

“A gente vive em constante transformação. Faz parte da vida. Não é gostoso poder experimentar coisas bem diferentes?”, diz Angélica
Foto: Nana Moraes

O Brasil acompanha a vida e a carreira de Angélica desde… sempre! Aos 5 anos, ela venceu um concurso de beleza no programa do Chacrinha e passou a ser considerada a criança mais bonita do país. Desde então, a carreira deslanchou. E todos assistimos de camarote ao amadurecimento da loirinha, que cresceu e apareceu: virou modelo, atriz e cantora, ganhou seu programa de televisão, apaixonou-se algumas vezes e desapaixonou-se outras tantas. Cheia de coragem e determinação, esta paulista de Santo André foi mudando os rumos de sua vida sem se preocupar com os olhos do mundo.

Hoje, aos 37 anos, é um exemplo de mulher moderna e resolvida, tanto na vida profissional como na pessoal. Na Globo, comanda os programas “Video Game” e “Estrelas”, e há sete anos é (muito bem) casada com o também apresentador Luciano Huck, 39 anos, pai de seus filhos, Joaquim, 6, e Benício, 3. “O amor dá sentido à vida. Eu tenho muito amor por tudo o que me compõe: minha família, minha história de vida, minha casa, meu trabalho”, diz a bela.

Confira então uma reflexão feita por Angélica sobre os caminhos que a levaram à realização – e veja um passo a passo para você também ser mais feliz.

“Vivo me reinventando”

Ela já apostou em cabelos cacheados, lisos, curtos e compridos. Já foi supermalhada, magra e até gordinha (lembra?). Lançou CD, fez filmes, apresentou programa infantil. Para Angélica, o segredo para a reinvenção é conseguir se desapegar. “Adoro novidade e detesto marasmo… Afinal, sou uma típica sagitariana”, entrega. O que ela está inventando agora? “Teremos uma temporada de Estrelas na Europa e outra nos Estados Unidos.” E há alguns sonhos profissionais que ela ainda não tenha realizado? “Sim! Exemplo: entrevistar o rei Roberto Carlos.”

“Eu converso muito com Deus”

Força e serenidade Angélica busca na fé. “Já estudei várias religiões e filosofias, como Budismo, Cato­licismo, Cabala, Judaísmo (Luciano Huck é judeu) e peguei o melhor de cada uma para me fortalecer. No fim, Deus é quem manda”, resume. “O sucesso prematuro exigiu que eu me espiritualizasse. Eu não entendia por que gostavam tanto de mim, afinal, não me sentia diferente de outras crianças. A fé pôs meus pés no chão.” A maturidade espiritual também fez Angélica acreditar em destino: “Eu sabia o que ia acontecer comigo. Minha história de vida estava escrita. Hoje, olho para trás e percebo isso. Então, não dá para não acreditar. Para colaborar, ponho a ansiedade de lado – não é fácil – e deixo fluir”.

“Determinação é não ter medo de ser feliz”

Como começou a trabalhar quando era criança, a loira teve que aprender na prática a ser determinada. “Ainda novinha, precisei tomar decisões importantes. Eu contava com a ajuda da minha família e da equipe de trabalho, claro, mas na hora H, eu decidia tudo”, lembra ela. “Até hoje sou assim. Sei o que quero e vou atrás. Se não consigo, a tentativa já vale. E continuo lutando por tudo em que acredito. Não me satisfaço com o que não me realiza plenamente.”

“Procuro ouvir o meu coração”

Nas palavras de Angélica, “babação de ovo e elogios” não faltam em sua vida. “Vivo num meio complicado em relação à autoestima. Se eu deixar, ouço apenas o que levanta minha bola. Tem dias em que sei que não estou bonita, mas tem alguém dizendo que estou deslumbrante. Aí, fica difícil, né? Por isso, tenho um bom espelho em casa para me avaliar e discernimento para não me deixar enganar.” Angélica também mantém a intuição afiada. “Busco ser digna e honesta comigo, escutar meu corpo, coração e alma. Faço só o que me dá paz e ignoro o que possa me agredir. Ao construir uma relação de respeito consigo mesma, você fica mais esperta e aprende a pegar carona nas oportunidades boas”, acredita.

“Sou flexível para não enlouquecer”

Ainda bem que ela é apaixonada por gente, pois está sempre rodeada de muitas pessoas! “Preciso de flexibilidade para lidar com tantas personalidades, energias e ansiedades. Fora que agora tenho duas crianças em casa, com necessidades completamente diferentes e uma agenda superlotada. Para exercitar essa paciência, recorro às minhas religiões, à terapia, ao esporte. São as minhas válvulas de escape.”

Os segredos da felicidade

· Vá atrás do que quer

· Não tenha medo de errar – e comece de novo quando isso acontecer

· Treine o desapego e aprenda a se reinventar

· Desenvolva a espiritualidade, fonte de força e equilíbrio

· Respeite-se e ouça o seu coração

· Seja flexível

· Cuide da sua saúde e da sua beleza

· Divirta-se com seu companheiro e com seus filhos

· Ame a sua vida

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s