Os segredos da felicidade e autoconfiança de Paola Oliveira

Conheça todas as características que compõem a felicidade e autoconfiança da atriz Paola Oliveira e aplique-as no seu dia a dia

“Encontro a minha felicidade nos detalhes do dia a dia: almoçar com os amigos queridos; estar com a minha família, que ainda mora em São Paulo; comprar algo que ando namorando há tempos; me sair bem em uma cena”, conta Paola Olieira
Foto: Rodrigo Lopes

Linda, charmosa, talentosa, carismática. Paola é tudo isso, sabe muito bem e usa essas características a seu favor. Segura de si? Claro! Mas toda essa segurança não surgiu do dia para a noite. A atriz revela aqui as características que compõem sua felicidade e autoconfiança e também explica como trabalha para estar sempre se aprimorando.

Além disso, a terapeuta Lídia Aratangy (SP) comenta cada item para auxiliar você a aplicar no dia a dia os conselhos muito espertos da estrela.

1. Coragem

“Os desafios são sempre muito bem-vindos, pois acredito que eles nos fazem crescer, nos incentivam a quebrar nossas barreiras e nos transformam em pessoas ainda melhores. Eu não temo a vida: tento vencer os meus medos todos os dias e luto para me superar em tudo o que faço. E, quando consigo, me sinto feliz, poderosa.”

Palavra da especialista

Coragem não é ausência de medo. É a plena consciência da sua capacidade de enfrentar os perigos e os desafios apesar do medo. E só é possível adquirir essa força enfrentando as situações que nos assustam. assim, você vai se exercitando para encarar dificuldades cada vez maiores. Isso permite que você viva experiências novas para reafirmar a sua autoconfiança e adquirir ainda mais segurança para arriscar e ousar.

2. Criatividade

“A partir do momento que você se conhece bem, sabe dos seus talentos e limitações, você aprende a resolver os problemas de maneira mais prática e sábia. Com o tempo, fui desenvolvendo truques que me ajudam a viver melhor e que aplico no meu dia a dia, como refletir muito sobre tudo o que me acontece. Sinto que quando estudo bem cada situação, consigo extrair o melhor dela e encontrar boas soluções. Isso exercita a criatividade. Eu tento enxergar os meus problemas e desafios de longe, como se fosse uma ‘espectadora’ da minha própria vida. Não é sempre mais fácil dar conselhos para uma amiga do que para si mesma? Então, imagine que os seus dramas são de outra pessoa e pense nos conselhos que você daria a ela. Assim, é possível se ajudar encontrando saídas criativas.”

Palavra da especialista

A criatividade vem com a maturidade, como consequência do nosso repertório e de todas as nossas experiências de vida. Viver de forma criativa deixa a existência mais leve e divertida, enriquece e abre espaço para o novo, para o inesperado. E isso a gente adquire vivendo, lendo livros de ficção, assistindo a filmes, ajudando outras pessoas. Quanto mais amplo for o seu repertório cultural, mais matéria-prima você terá para ser criativa no seu dia a dia.

Os segredos da felicidade e autoconfiança de Paola Oliveira

“Sou otimista até com as situações improváveis”, diz Paola
Foto: Rodrigo Lopes

3. Otimismo

“Eu sou otimista até com as situações mais improváveis. Acho uma chatice levar tudo a sério. Na vida, tudo precisa ser pouco sério. O bom humor ajuda a tirar o peso das coisas ruins, senão tudo fica muito pesado para carregar. Penso sempre no lado bom da história, não me irrito à toa, não faço tempestade em copo d’água e não deixo pequenos contratempos estragarem o meu dia. Aconteceu algo ruim? Levanta a cabeça e bola pra frente! Acredito que tudo sempre pode ser pior, portanto, agradeço pelo rumo que as coisas tomaram e me considero uma sortuda. Não me deixo contaminar pela energia negativa e tento extrair um ensinamento positivo da situação – acredite, sempre tem.”

Palavra da especialista

Boa parte de como você enxerga o mundo tem a ver com a lente que usa. E a vida realmente fica mais colorida para quem pinta a realidade com mil e uma cores. Tudo se torna mais bonito, mais reluzente. O otimismo tem muito a ver com a esperança e pode deixar a vida mais leve. além de ser altamente contagioso! Quem não adora estar rodeado por gente positiva? Enxergar o lado bom das coisas e esperar sempre pelo melhor faz bem!

4. Dedicação

“Eu dou o melhor de mim em tudo o que pego para fazer. Amo a profissão que escolhi e, por isso mesmo, me dedico de corpo e alma. Sem dedicação, não chegamos a lugar algum. Aprendi a valorizar as pequenas conquistas, como voltar a usar aquela calça jeans um número menor. Quando você se esforça e consegue, se sente uma vencedora e passa a se respeitar ainda mais. E essa é uma sensação que precisamos buscar sempre. Não adianta impormos metas muito distantes da nossa realidade, pois corremos o risco de não alcançá-las. Então, eu prefiro colocar em minha vida pequenas metas diárias para conseguir ser vencedora em todas elas. Aos poucos, conquisto grandes vitórias.”

Palavra da especialista

Dedicarse a projetos e sonhos depende muito de uma organização interna. É preciso ter disciplina e concentração para alcançar os seus objetivos, por menores que eles sejam. reconheça pequenos avanços e comemore as mínimas vitórias. Estabeleça metas realistas para não se desanimar no meio do caminho ou se frustrar, mas saiba que a frustração faz parte da vida.

5. Autoestima

“O mais importante é estar à vontade  consigo mesma. Se eu estiver com uma roupa que me incomoda, troco para me sentir melhor. Esse conforto é fundamental. O segredo é prestar muita atenção no nosso corpo e na nossa alma. Eu olho muito para dentro de mim para me ouvir e me entender. Identifico quais são os  meus limites para, então, respeitá-los.Procuro reafirmar os meus sonhos e desejos diariamente, assim, dou sentido e rumo para a minha vida. Tudo isso faz a autoestima ficar num nível legal.”

Palavra da especialista

Autoestima significa, acima de tudo, estar em paz consigo mesma. É a maior prova de que você se conhece bem e de que gosta de quem é, com todas as qualidades e defeitos. Explore e valorize o que você tem de melhor, aprenda a reconhecer os seus erros e busque crescer sempre.