Pessoas são expulsas de show de Dua Lipa por levantarem bandeira LGBT

"O que vocês fizeram exige muita coragem", disse Dua Lipa aos fãs que foram violentamente barrados.

Um grupo de pessoas foi expulso de um show de Dua Lipa em Xangai, na China. Dançando com a música da cantora, eles ergueram a bandeira LGBT e isso fez com que fossem barrados pelos seguranças do National Exhibition and Convention Center, onde o evento acontecia.

Num vídeo filmado em meio à plateia é possível ver a violência com que um dos seguranças puxa a bandeira das mãos de uma garota. Isso aconteceu bem na frente ao palco, o que assustou Dua Lipa. “Eu quero criar um ambiente seguro para todos nós aqui nos divertimos. Eu quero que todo mundo dance e cante”, disse ela.

Em outra filmagem é possível ver um bando de seguranças arrastando uma pessoa para fora da plateia. Não dá para identificar se são as mesmas pessoas que aparecem na cena anterior, mas a truculência é tão gritante quanto a mostrada no outro vídeo.

Depois do show, Dua Lipa voltou a se manifestar sobre os acontecimentos homofóbicos que presenciou em Xangai.

“Na noite passada eu fiz o show para os meus fãs. Eu prometi um show. Eu fiquei com eles, dancei e cantei com eles. Eu vou ficar ao lado de vocês pelo amor e pelas coisas em que vocês acreditam, e eu estou muito orgulhosa e grata em ver que vocês se sentem à vontade para mostrar seu orgulho em meu show. O que vocês fizeram exige muita coragem. Eu quero sempre que a minha música traga força, esperança e união”, escreveu no Instagram.