Pode levar ‘cola’ na hora de votar nas eleições 2018?

Está aflita com a quantidade de números que você vai ter que decorar para votar em deputados, senadores, governador e presidente?

No próximo domingo, dia 7 de outubro, acontece o primeiro turno das eleições 2018. Nesse dia, o eleitor precisará escolher seis candidatos diferentes, cada um para um cargo específico. Pela grande quantidade de números que você, eleitor, precisará gravar, o Tribunal Superior Eleitoral aconselha a levar um papel com os dados dos seus escolhidos – a popular “cola”.

No site da instituição governamental foi criado um template com cada cargo em que será necessário votar e a quantidade de dígitos referente a cada um.

Cola Eleitoral

 (TSE/Reprodução)

É possível baixar essa “cola” no site do TSE, para ter em mãos os dados do seu candidato e não se confundir na hora. Além disso, fique atento e confira a foto e o nome que aparecerão no visor da urna eletrônica antes de apertar o botão “confirma”. Vote com consciência!

Você pode também fazer sua “cola” em casa, usando qualquer papel e caneta ou lápis. O importante é levar os dados corretos na hora de registrar o voto!

Mas vale um alerta: a “cola” tem de ser em papel. Na hora de votar não é permitido o uso de aparelhos eletrônicos como celulares, tablets, rádios comunicadores, câmeras etc dentro da cabine em que estará a urna eletrônica. 

☆ Será que seu signo tem a ver com o signo do crush? Entenda o que é e do que fala a sinastria ☆