#PrayForParis: internet se comove após atentados na capital francesa

Terror em Paris deixa inúmeros mortos e feridos e usuários ao redor do mundo mandam mensagens de apoio às vítimas.

Famosos, personalidades, líderes e diversas pessoas do mundo todo lamentaram e se solidarizaram após os ataques terroristas simultâneos que aconteceram em Paris, na noite dessa sexta-feira, 13. Tiroteios e explosões em diferentes pontos da cidade deixaram dezenas de mortos e feridos. Um dos atentados ocorreu durante o show da banda Eagles of Death Metal, na tradicional casa de espetáculos Les Bataclans, onde muitas pessoas foram feitas reféns. Os integrantes do grupo postaram um comunicado em sua página oficial no Facebook:

We are still currently trying to determine the safety and whereabouts of all our band and crew. Our thoughts are with all of the people involved in this tragic situation.

Posted by Eagles Of Death Metal on Sexta, 13 de novembro de 2015

“Ainda estamos tentando descobrir onde estão todos os membros de nossa banda e equipe e se eles estão bem. Nossos pensamentos estão com todos os envolvidos nessa situação trágica”, diz a mensagem.

O Facebook, por sinal, lançou um status de segurança para que os usuários pudessem avisar amigos e familiares que estavam bem. A novidade foi anunciada pelo CEO da rede social, Mark Zuckerberg, que escreveu: “Meus pensamentos estão com todos em Paris hoje à noite. Violência como esta não tem lugar em qualquer cidade ou país do mundo”.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

No Twitter, a comoção foi tamanha que a hashtag #PrayForParis alcançou os trending topics mundial. 

//platform.twitter.com/widgets.js

//platform.twitter.com/widgets.js

//platform.twitter.com/widgets.js

“As notícias de Paris são angustiantes. Rezando para a cidade e para as famílias das vítimas”, declarou a pré-candidata à presidência dos Estados Unidos.

//platform.twitter.com/widgets.js

“Enviando orações e amor para nossos queridos amigos de Paris”, afirmou o ator.

//platform.twitter.com/widgets.js

“Paris, você me acolheu de braços abertos há tantos anos. Hoje, meus braços abraçam você e minha cabeça se inclina e reza por você. Te amo”, escreveu a modelo americana.

//platform.twitter.com/widgets.js

//platform.twitter.com/widgets.js

//platform.twitter.com/widgets.js

No Instagram, também houve muitas manifestações em apoio às vítimas dos atentados:

 

#peaceforparis

Uma foto publicada por Carol Trentini (@trentinireal) em Nov 13, 2015 às 3:47 PST

//platform.instagram.com/en_US/embeds.js

 

#prayforparis

Uma foto publicada por ahickmann (@ahickmann) em Nov 13, 2015 às 4:02 PST

//platform.instagram.com/en_US/embeds.js

 

Sending prayers and love. #prayforparis

Uma foto publicada por Queen Latifah (@queenlatifah) em Nov 13, 2015 às 6:01 PST

//platform.instagram.com/en_US/embeds.js

 

Our thoughts and prayers are with the city of Paris. #PrayforParis

Uma foto publicada por cfda (@cfda) em Nov 13, 2015 às 5:31 PST

//platform.instagram.com/en_US/embeds.js

 

Our hearts to you in Paris #vivelafrance

Uma foto publicada por JARED LETO (@jaredleto) em Nov 13, 2015 às 5:15 PST

//platform.instagram.com/en_US/embeds.js

Outro ato de solidariedade foi o uso da hashtag #PorteOuverte, que em francês significa “porta aberta”. Com equipes de resgate nas ruas, escolas e linhas de metrô fechadas e o caos que tomou conta da cidade, algumas pessoas usaram as redes sociais para oferecer abrigo para quem estava na rua e não tinha como voltar para casa.

//platform.twitter.com/widgets.js

//platform.twitter.com/widgets.js

//platform.twitter.com/widgets.js

//platform.twitter.com/widgets.js

Vale destacar que a polícia local já confirmou mais de 100 mortos e, infelizmente, os números não param de subir. Entre os feridos, há dois brasileiros, segundo o Itamaraty. Eles estavam no restaurante Le Petit Cambodge, que foi alvo de ataques.

Enquanto as investigações sobre a autoria dos atentados terroristas continuam, as nossas orações vão para a Cidade Luz: #PrayForParis!