Produtos sagrados e alimentos que ajudam em uma boa noite de sono

Além de produtos, existem alimentos que podem te ajudar a ter uma noite de sono de qualidade

Para driblar as noites de sono maldormidas, uma das melhores coisas para se fazer é indicado mudar os hábitos. Mas há quem recorra também à ajuda da indústria. Nesse campo, um dos principais recursos tem sido o uso da melatonina – substância conhecida como o “hormônio do sono” e sintetizada naturalmente pelo nosso corpo quando a incidência de luz cai (por isso temos mais sono à noite). Comum nos Estados Unidos, onde é vendida como suplemento alimentar, foi liberada pela Anvisa no início deste ano para ser comercializada no Brasil em forma de remédio. Ainda não foi disponibilizada como medicamento por nenhum laboratório, mas ela já pode ser solicitada e encontrada em farmácias de manipulação. Só que, como todos os remédios, seu consumo exige parcimônia. “Uma indicação comum é para idosos, que têm uma redução natural na produção do hormônio”, pontua o neurologista Luciano Ribeiro, presidente da Associação Brasileira do Sono. A seguir, confira as dicas para acabar de vez com as noites maldormidas.

Produtinhos sagrados

À base de óleos essenciais e ativos relaxantes, estas invenções para o corpo e o ambiente ajudam você a deixar os problemas e aflições fora da cama para conseguir dormir o sono dos justos.

A seguir, os produtos e seus benefícios, da esquerda para a direita:

A seguir, os produtos e seus benefícios, da esquerda para a direita: (/)

Hidratante: Além da textura leve e refrescante, perfeita para o momento que antecede o sono, este hidratante tem um aroma de camomila e leite de amêndoas, que juntos induzem ao relaxamento.
Hidratante Sentidos Relax, Nivea, R$ 9, nivea.com.br.

Bálsamo: Quando aplicado nas têmporas, com uma massagem delicada, este bálsamo, feito com óleos de lavanda, jojoba, camomila e jasmim, traz a sensação de calma e frescor imediatos.
Bálsamo Dream Time, Lush, R$ 43, lush.com.br.

Floral: Duas gotinhas deste floral, à base de castanheira da Índia, prometem clareza e organização mental nos momentos em que acalmar a mente parece uma missão impossível.
Floral White Chestnut, Florais de Bach, R$ 65, monas. com.br.

Spray: A lavanda, planta com propriedades sedativas e equilibrantes, aparece junto da bergamota e do gerânio neste spray, indicado para ser borrifado no ambiente ou na roupa de cama.
Pillow Mist Relaxante Aromacologia, L’Occitane, R$ 115, loccitane.com.br.

Óleo: Com fórmula de ingredientes totalmente naturais, este óleo também traz a lavanda como ativo principal. Mas seu uso é no corpo. Aplique antes de deitar para dormir.
Óleo Corporal de Lavanda, Weleda, R$ 88, weleda. com.br.

Vale incluir no cardápio

Cereja: É um dos alimentos com maior concentração natural de melatonina.

Mel: Fonte natural de triptofano, aminoácido precursor da serotonina e da melatonina.

Maracujá: Estimula a produção de glicina, substância que desacelera o sistema nervoso.

Oleaginosas: “Elas aumentam os níveis de serotonina e de melatonina”, afirma Esthela Conde, nutróloga de São Paulo.

Leite quente: Assim como o mel, é rico em triptofano. Quando aquecido, eleva a temperatura do corpo e relaxa.

Chá de camomila: “Além de relaxante muscular, é também um sedativo leve”, diz a especialista.