Professora é afastada de escola após mostrar foto com a esposa aos alunos

A foto simplesmente mostra a professora e sua esposa usando fantasias de "Procurando Nemo" no Halloween.

No Texas, a professora de artes Stacy Bailey está movendo um processo contra a escola em que lecionava, por tê-la afastado de suas funções. Stacy foi transferida depois de mostrar aos alunos uma foto em que ela e a esposa, Julie Vazquez, aparecem vestidas com fantasias de “Procurando Nemo”. A foto, que não mostra nada de inadequado, foi apresentada às crianças durante uma aula de apresentação, junto com imagens da família de Stacy e de sua infância. 

Na época, o diretor do colégio chegou a dizer à professora que recebeu a reclamação do pai de um aluno. Esse pai alegou que ela estava “promovendo a agenda homossexual” nas aulas. A informação foi dada pelo New York Times, que teve acesso ao processo.

O mesmo pai teria reclamado a respeito de uma aula sobre o artista Jasper Johns. Isso porque a professora revelou aos alunos que ele era casado com o também artista Robert Rauschenberg. 

A foto mostrada aos alunos foi tirada no Halloween

A foto mostrada aos alunos foi tirada no Halloween (Stacy Bailey/Acervo pessoal)

A escola e o distrito de Mainsfield, responsável por sua gestão, se defendem dizendo que a orientação sexual de Stacy nunca foi um problema e que a decisão de afastá-la surgiu porque as atitudes dela mudaram no último ano. Ainda segundo o New York Times, o texto do processo diz que ela estava tratando de temas controversos com os alunos. “Os professores não devem usar a sala de aula para transmitir suas crenças pessoais a respeito de política e questões sectárias”, aponta o documento.

Stacy foi instruída a não falar publicamente sobre o caso, mas a esposa dela concedeu uma entrevista à imprensa essa semana. “É chocante e entristecedor o fato de que os membros do distrito de Mainsfield trataram minha esposa de maneira diferente quando ela falou sobre sua família, assim como qualquer professor faz. Ela foi afastada simplesmente porque seu cônjuge é uma mulher”.

A professora deixa claro que seu maior desejo é voltar a lecionar na antiga escola, onde ela trabalhava desde de 2008 e foi eleita como Professora do Ano duas vezes. “Eu acho que isso seria algo imenso. Mostraria que ela não fez nada de errado e que o distrito percebeu isso. E a colocaria de volta na família escolar dela, o que é algo muito importante”, finalizou a esposa, Julie Vazquez.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s