Quatro documentários obrigatórios, por Amir Labaki

São quatro dicas indispensáveis para ter na prateleira de casa!

Siga o mdemulher no Instagram

Amir Labaki, jornalista, curador, escritor e crítico de cinema, selecionou 4 documentários obrigatórios para se ter em casa e assistir sempre

 
1.Cabra Marcado para Morrer, Eduardo Coutinho(1984). A história da dispersão da família de Elizabeth Teixeira, viúva de um líder camponês, e da saga da retomada de um projeto cinematográfico, interrompido pelo golpe de 1964. Um ensaio autobiográfico sobre o poder da historia, da memoria – e do cinema
Quatro documentários obrigatórios, por Amir Labaki

Cabra Marcado para Morrer
Foto: Divulgação

2. Cinco Obstruções, Larsvon Trier e Jorgen Leth(1996). Um discípulo de gênio(Lars) desafia seu ídolo(Jorgen) a refazer em cinco variações seu clássico curta documental O Ser Humano Perfeito(1968). Uma radiografia, como poucas, da criação cinematográfica.

Quatro documentários obrigatórios, por Amir Labaki

Cinco Obstruções
Foto: Divulgação

3. O Homem da Câmera de Filmar, Dziga Vertov(1929). Uma declaração de amor à modernidade e ao cinema, num dos últimos clássicos do cinema silencioso.

Quatro documentários obrigatórios, por Amir Labaki

O Homem da Câmera de Filmar
Foto: Divulgação

4. Primary, Robert Drew(1960). Um marco da escola do cinema direto, que injetou drama e intimismo no documentário. O retrato fílmico mais fascinante de John Kennedy, então ainda batalhando pela indicação do Partido Democrata para disputar a Presidência dos Estados Unidos.

Quatro documentários obrigatórios, por Amir Labaki

Primary
Foto: Divulgação