Quem elimina o México não ganha a Copa? Conheça a “maldição do Tri”

Os mexicanos garantem que ninguém os elimina da Copa impunemente. Mas a Seleção Brasileira tá aí para quebrar essa maldição! Vai, Brasil!

Copa do Mundo é uma competição muito complexa: não basta ter jogadores de futebol talentosos, montar uma Seleção redondinha, com um técnico competente. Não adianta apenas ter craques do nível de Neymar, Philippe Coutinho e Roberto Firmino em campo. Ainda é preciso superar as superstições e “maldições” que cercam a competição que acontece de quatro em quatro anos.

A lenda do momento – e que pode afetar o Brasil, sai para lá! – é a chamada “Maldição do Tri“, em que os mexicanos acreditam piamente. O “tri” do nome não tem nada a ver com tricampeão (eles nem tem uma Copa do Mundo, aliás). Esse nome é porque a Seleção Mexicana tem o apelido de “El Tricolor” ou “El Tri”.

A tal maldição funciona assim: México e Brasil são as únicas seleções que avançaram para as oitavas de final em todas as Copas de 1994 até hoje. A diferença é que, enquanto o Brasil foi campeão em 1994 (tetra!) e 2002 (penta!), foi vice em 1998 e sempre foi pelo menos até as quartas de final, o México sempre foi eliminado nas oitavas, pobrezinho.

Mas eliminar o México não sai de graça, não! De acordo com a Maldição do Tri, desde 1994 quem elimina o México nunca ganha a Copa:

1994: A Bulgária venceu os mexicanos nos pênaltis. Aí a Itália eliminou a Bulgária nas semifinais.

1998: Quem tirou o México da Copa foi a Alemanha, com uma vitória por 2 a 1 nas oitavas. Nas quartas, a Alemanha perdeu para a Croácia por 3 a 0.

2002: Os Estados Unidos eliminaram o vizinho México nas oitavas, com placar de 2 a 0. Nas quartas, os americanos caíram diante da Alemanha, com placar de 1 a 0.

2006: Argentina e México levaram o jogo das oitavas até a prorrogação, e a Argentina venceu por 2 a 1. Aí, no jogo seguinte, nas quartas, os hermanos foram eliminados pela Alemanha, nos pênaltis.

2010: Tudo de novo: a Argentina eliminou o México nas oitavas, com um placar de 3 a 1 desta vez, e nas quartas foi eliminada pela Alemanha, em uma goleada de 4 a 0.

2014: Desta vez foi a Holanda que sofreu com a Maldição do Tri: eliminou o México com um placar de 2 a 1, e avançou até as semis! O sonho acabou quando a Argentina venceu nos pênaltis.

E em 2018 quem eliminou os mexicanos, bem sabemos, foi o Brasil!

Maldições e tradições existem para serem quebradas, não é mesmo? E se você quer história, meu bem, em 1962, quando conquistamos nosso bicampeonato, vencemos o México logo de cara: “El Tri” foi eliminado ainda na fase de grupos.

A “Maldição do Tri” vai acabar esse ano mesmo! 

VAI, BRASIL! 

 

A importância de Mercúrio no seu Mapa Astral – escute já!