Quer jogar tarô? Tudo o que você precisa saber para começar

Regra número 1: leia muito!

Antiga ferramenta de autoconhecimento, o tarô é um óraculo. Composto por 78 cartas, chamadas de arcanos (mistério), o baralho faz um retrato atual de quem recorre a ele. Além disso, vislumbra, até certo ponto, o futuro da pessoa, e, principalmente, indica caminhos pelos quais seguir – e os que não seguir.

Leia Mais: Guia básico para entender tudo de astrologia

Tem vontade de aprender? Conversamos com o Leo Chioda, coordenador do curso de introdução ao tarot do Personare e dono do blog Café Tarot, sobre os primeiros passos para quem quer se aventurar nessa “arte”.

Confira.

. .

. (/)


 

Estude muito, ok?

O primeiro conselho do Leo para quem tem interesse no tarô é o de, antes de tudo, estudar o máximo que puder. “Leia muito! Sejam livros, matérias em sites ou páginas dedicadas a isso. É importante saber que o oráculo é um estudo para a vida toda”, recomenda. De acordo com ele, cursos também podem ajudar bastante, assim como discussões com profissionais da área.

Todo mundo pode jogar tarô

Ao contrário do que muita gente pode pensar, para jogar tarô você não precisa ter nenhum grau de mediunidade. “Qualquer pessoa pode aprender. É só pegar os livros, estudar, conhecer as regras iniciais e os atributos de cada carta”, afirma Leo.

O aprendizado é relativo

De acordo com Leo, você não aprende a jogar tarô de uma hora para outra. Por isso, tenha paciência! “É claro, cada pessoa tem o seu tempo. Mas, por ser um estudo que nunca acaba, é preciso colocar um certo esforço para lidar com as cartas e compreender o que elas falam, entender esses símbolos”, avalia.

Você não precisa de nada para jogar (além do baralho, claro!)

Velas, incensos, toalhas especiais, bola de cristal… Nada disso é necessário, viu? É apenas aparato esotérico que não influencia em nada o jogo de tarô. Mas, bem, se puder, só dê preferência mesmo para um ambiente silencioso. 

Pontapé

Então, quer mesmo jogar tarô? A primeira lição é saber que ele é divido em dois grupos: os arcanos maiores e os menores. “Os arcanos maiores, compostos por 22 cartas, aparecem no jogo para representar questões mais complexas da vida. Já os menores, tratam de assuntos da vida prática, do dia a dia”, explica Leo. 

~Bons estudos!~