Recupere seu equilíbrio

Especialistas ensinam oito formas de amenizar a ansiedade nos momentos de nervosismo

Não se abale ao se sentir pressionada 
a fazer tudo ao mesmo tempo
Foto: Dreamstime

Mais do que sintomas emocionais, como insegurança e sensação de incapacidade, a ansiedade desencadeia mal-estar físico! Palpitação, aceleração cardíaca e suor excessivo… Segundo a psicóloga clínica Márcia Cristina Fráguas, de São Paulo, a pressão e a cobrança do dia-a-dia podem levar ao problema. “Há uma adrenalina considerada normal, mas quando gera desconforto Mais do que sintomas emocionais, como insegurança e sensação de incapacidade, a ansiedade desencadeia mal-estar físico! 

Palpitação, aceleração cardíaca e suor excessivo… Segundo a psicóloga clínica Márcia Cristina Fráguas, de São Paulo, a pressão e a cobrança do dia-a-dia podem levar ao problema. “Há uma adrenalina considerada normal, mas quando gera desconforto é sinal de que a tensão passou do limite”, diz. A psicóloga Adriana de Araújo, de São Paulo, alerta: as consequências tendem a atingir áreas vulneráveis do corpo. “Quem tem dor de cabeça, passa a senti-la ainda mais forte. Quem sofre com problemas na pele, pode desenvolver alergias e por aí vai. Depende da fragilidade de cada organismo”. A seguir, técnicas simples e eficientes para combater o mal a qualquer hora.

O poder do papel, da respiração, da água…

A psicóloga Adriana de Araújo e a professora de ioga Cristiane Araripe, ambas de São Paulo, ensinam a amenizar a ansiedade na hora:

1. Lave o rosto com água fria ou morna para ativar a circulação.

2. Beber um copo de água costuma ajudar a acalmar. 

3. Respire lenta, regular e profundamente. Preste atenção no ar que sai. É importante inspirar e expirar movimentando a parte de cima do tórax. 

4. Com a mão espalmada (palma voltada para baixo), localize o ponto que fica na mesma direção da base do polegar, no final da linha que une este dedo ao indicador. Pressione por 15 segundos. A pressão não deve causar muita dor, mas também não pode ser sem força. Repita três vezes se a sensação não estiver insuportável. 

5. Siga a linha do final da orelha até o fim da sobrancelha. Massageie esses pontos das têmporas com movimentos circulares no sentido anti-horário. Se preferir, repita três vezes a mesma pressão indicada para as mãos (item anterior). 

6. Caso sinta dor em algum ponto do corpo, massageie a região (a não ser que haja alguma lesão) levemente, como o movimento de ‘amassar pão’. 

7. Escreva num papel o problema que incomoda. Divida-o em partes para resolvê-lo e avance uma etapa por vez. 

8. Meditação: visualize lugares agradáveis, que transmitam paz e tranquilidade. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s