Sejamos mais generosos

O que deve valer mesmo na vida é a ‘sofisticação’ de saber amar a todos

Siga o mdemulher no Instagram

Num mundo onde, para muitos, o que vale é o lema “Cada um por si”, pensar no outro como parte importante de sua vida soa como algo improvável. Explico: as pessoas só querem fazer valer seus interesses, sem se preocupar com quem está ao lado. Então, seguem seu caminho numa corrida desenfreada, em que o vencedor é quem “possui”, não quem divide.

Triste realidade decorrente de um comportamento mesquinho. Que saudade da elegância desobrigada praticada por quem sempre mantém o tom sereno da voz, escuta mais do que fala, agradece mais do que resmunga e retribui as bênçãos com carinho e solidariedade. Não importa o sobrenome, o saldo bancário, o cargo ou os bens materiais. O que deve valer mesmo na vida é a ‘sofisticação’ de saber amar a todos. O ser humano não pode mais continuar sendo definido pelo que possui. É urgente resgatar uma visão mais generosa e menos prepotente. Porque só quando voltarmos a enxergar a importância das atitudes nobres, nos tornaremos de fato maiores.