Starbucks inaugura 1ª cafeteria dedicada a atender deficientes auditivos

Além de ser um ótimo ambiente para aquele cafézinho gostoso, o local é uma nova oportunidade de emprego para pessoas surdas ou com problemas auditivos.

Se é inclusão que você quer, a Starbucks está prontíssima para oferecer. Na última semana, a famosa rede de cafeterias inaugurou uma sede em Washington DC, com um diferencial incrível e importante: ela é dedicada a atender clientes surdos ou com problemas auditivos.

Para isso, todos os funcionários do local são fluentes na linguagem de sinais norte-americana. Mas isso não significa que, caso o freguês não domine esse tipo de comunicação, não poderá fazer o seu pedido.

A cafeteria disponibiliza tablets e telas tecnológicas para que o comprador possa escrever, principalmente, seu nome e o que gostaria de consumir – o que não deixa ninguém de lado. Ainda bem, né? ❤

O espaço está localizado próximo à Universidade Gallaudet, uma instituição importantíssima para a comunidade surda, já que ela é a única, mundialmente, a possibilitar que inúmeras pessoas com problemas auditivos ou perda total da escuta consigam ter acesso à educação desde o primário até o doutorado.

Para que a inclusão seja realmente completa, a inauguração do local não permitiu apenas que os clientes tivessem um novo ambiente para frequentar sem medo de não conseguirem se comunicar e, consequentemente, se sentissem frustrados com a situação. De acordo com o presidente da faculdade, Roberta J. Cordano, em entrevista ao The Independent, com funcionários surdos trabalhando no lugar, isso também significa mais oportunidades de emprego. 

“Além de criar um ambiente totalmente acessível para os membros da comunidade surda, essa nova loja cria oportunidades de emprego e avanço para pessoas surdas e com deficiência auditiva, como baristas, gerentes de loja e outras funções”, afirmou. 

Empresa consciente faz assim, né? ❤