STF decide que Jair Bolsonaro deve pagar indenização para Maria do Rosário

Na época em que era deputado, Bolsonaro disse duas vezes que Maria do Rosário não deveria ser estuprada porque era "muito feia".

Nesta terça-feira (19), o Supremo Tribunal Federal (STF) anunciou que o pedido de recurso de Jair Bolsonaro foi negado e, com isso, a decisão de que ele deverá pagar indenização de R$ 10 mil para a deputada Maria do Rosário foi mantida.

A ação por danos morais foi aberta depois do presidente – que na época era deputado – ter dito que Maria não era boa o suficiente para ser estuprada. Após essa afirmação grotesca na Câmara, o presidenciável tornou a dizer algo semelhante durante uma entrevista, em que afirmava que não era estuprador, mas caso fosse, não a estupraria por considerá-la “muito feia”.

Bolsonaro foi condenado em primeira instância no ano de 2015 e recorreu com o argumento de que sua fala na Câmera estava protegida pela Constituição, mas o STF rejeitou a justificativa.

☆ Tudo sobre o misterioso signo de Escorpião ☆