5 tipos de programas de graça para fazer com as crianças nos dias livres

Não é porque o orçamento está apertado que a diversão precisa ser suspensa!

Crianças em dias livres – seja por causa das férias, de um feriado ou dos fins de semana comuns – precisam de atividades. Se não tiverem nada interessante para fazer, tendem a ficar agitadas demais dentro de casa ou, pelo contrário, a fechar seus mundinhos em tablets ou na TV, o que não é bom para o desenvolvimento delas.

O legal é que para entreter a meninada não é preciso desembolsar rios de dinheiro. Na verdade, é possível fazer muitas coisas bacanas de graça ou gastando muito pouco (com a condução até algum lugar, por exemplo). Com a ajuda da professora de ensino fundamental e recreacionista Renata Alcântara e da turismóloga Ana Beatriz Mendonça, apresentamos a seguir cinco tipos de programas para salvar as horas livres dos pequenos quando o orçamento não estiver tão folgado assim.

Passeios em parques

“É a ideia mais óbvia, mas muita gente acaba esquecendo que é uma possibilidade, porque é bem comum associarem os parques a caminhadas ou prática de esportes”, afirma Ana Beatriz, que é especializada em passeios por São Paulo com grupos de crianças e seus pais.

Ela sugere que cada parque seja explorado aos poucos, para render vários passeios e também para as idas serem menos cansativas para as crianças. “Eleja uma área e fique nela. Por exemplo: um dia pode ser dedicado a andar de bicicleta, outro a brincadeiras em um gramadão, um próximo no parquinho. Não faltam opções”, diz.

Cozinhar em família

Crianças que têm acesso aos alimentos in natura e veem como as refeições são preparadas tendem a comer melhor. Só isso já é um enorme estímulo para cozinhar com os pequenos. Mas, além dessa parte prática, tem a questão da diversão familiar: todos juntos na cozinha, fazendo o que é possível para cada capacidade – é claro que crianças não vão manusear facas e cortadores, por exemplo –, é sinônimo de algumas horas de diversão.

Tenha as receitas definidas com antecedência e os ingredientes à mão, varie o que será preparado, deixe seus filhos colocarem a mão na massa. É um programa perfeito para dias chuvosos, frios ou em que você não esteja com a disposição necessária para sair de casa (todo mundo tem dias assim).

Programação da prefeitura local

Praticamente todas as cidades têm programações de fim de semana, feriado e férias para a família, com atrações como peças de teatro, brincadeiras monitoradas ao ar livre e em ambientes fechados, prática de esportes e festivais de comidas.

“É importante ficar sempre de olho nas divulgações desses eventos. Hoje em dia, está tudo na internet, é claro, então é só seguir perfis em redes sociais das secretarias de cultura, de esporte e de turismo da sua cidade, além do perfil da própria prefeitura, para não perder nada”, ensina Ana Beatriz.

Sessão de filmes em família

Todo mundo juntinho na sala ou em um quarto, pipoca com água ou suco à vontade e um filme bem legal na TV – pode ser da programação de algum canal aberto ou a cabo, de um serviço de streaming ou o velho e bom DVD. Que forma legal de passar um dia de bobeira em família!

Escolha filmes que tragam mensagens legais para as crianças, que ensinem sobre a vida e os relacionamentos. No final, converse sobre o que vocês viram, peça opiniões sobre o que foi mais legal e o que foi mais chato. Aproveite o momento para estreitar os laços familiares.

Piqueniques

Os piqueniques podem ser feitos tanto em áreas abertas (como os parques do item anterior) quanto dentro de casa, quando os dias estiverem frios demais ou chuvosos. Não tem mistério: estenda uma toalha no chão, distribua sobre ela comidinhas e bebidinhas gostosas e que saiam um pouco da rotina e está feito o programa.

“Aproveite a ocasião para conversar com as crianças, deixe que contem o que as está interessando. Nessas situações bem à vontade elas falam com mais naturalidade sobre suas vidinhas, e é sempre bom os pais estarem por dentro”, orienta Renata.

A importância de Mercúrio no seu Mapa Astral – escute já!