9 usos diferentes para os pufes

De cores, formatos, estampas e tamanhos variados, esse móvel assume diversas funções e pode ser útil em todos os cômodos da casa. Vem ver!

Para transformar a sua casa, nem é preciso inventar ou gastar muito dinheiro. Às vezes, um pequeno e simples objeto pode ganhar nova função na decoração do ambiente. Aposte nos pufes que, além de lindos, são muito práticos e fáceis de combinar. Confira diferentes maneiras de usar esses objetos versáteis:

1. Apoio para os pés

É talvez o uso mais comum dos pufes. Invista num modelo da mesma altura do assento da poltrona ou cadeira. Se quiser um visual chique, use o mesmo revestimento para as duas peças. Modelos com pés de madeira “descolam” o estofado do chão e deixam a peça com visual mais leve.

2. Assento extra para as visitas

Cômodos muito entulhados de móveis dificultam a circulação e deixam a casa com aspecto bagunçado. Em vez de encher a mesa de jantar de cadeiras, que quase nunca serão usadas, esconda alguns pufes pequenos sob outros móveis, como aparadores ou mesas de centro, e use-os quando receber visita.

3. Mesinha de centro ou lateral

Beatriz Albuquerque Beatriz Albuquerque

Beatriz Albuquerque (/)

Usar um único pufe grande ou agrupar aos pares peças menores na sala pode render uma bela mesa de centro. Opte por materiais resistentes à água, como o couro ecológico, por exemplo. Escolha modelos com o tampo resistente, já que a peça será usada para apoiar objetos de decoração, bebidas ou aperitivos. Os quadrados ficam ótimos na lateral de poltronas e sofás, e servem como apoio para abajures.

4. Criado-mudo

Substituir o tradicional criado-mudo por um pufe quadradinho, além de economizar espaço, é um charme. Compre modelos revestidos de tecido e combine a estampa com o resto da decoração. A ideia é ótima para o quarto das crianças. Faça capas extras de algodão com o personagem favorito delas. Dá para tirar e lavar.

5. Minibar

As salas dos apartamentos de hoje estão cada vez menores. E com isso o antigo barzinho não tem mais espaço na decoração. Para resolver esse problema, existem diversos modelos de pufes com tampas removíveis que servem para guardar as garrafas e mantê-las protegidas de crianças e animais.

6. Um verdadeiro curinga no banheiro
Caca Bratke Caca Bratke

Caca Bratke (/)

Falta um apoio na hora de se trocar depois do banho? Ter um pufe-baú no banheiro pode ajudar nesse momento e ainda serve para armazenar a roupa suja. Prefira modelos de fibra sintética (que imita vime) ou plástico, materiais que são mais resistentes à umidade.

7. Caixa de brinquedos

A bagunça do quarto das crianças pode diminuir bastante com um espaço extra para guardar os brinquedos. Pufes com tampa guardam objetos antes espalhados pelo chão e são mais eficientes que armários ou estantes altas, pois deixam os brinquedos sempre à mão.

8. Guarda-tudo

Coloque um pufe comprido e com tampa nos pés da sua cama. Nele, guarde lençóis e colchas. Assim, caso esfrie durante a noite, você terá um cobertorzinho sempre por perto.

9. Divisor de ambientes

Os espaços integrados são a tendência do momento. Com isso, os móveis assumem o papel de separar, com elegância, os ambientes. E os pufes fazem isso muito bem! Experimente dividir as sala de estar e jantar com um pufe baixinho, estreito e comprido. Eles dão muita personalidade à decoração.

Dica: muitas lojas oferecem mesas de centro e aparadores que já acompanham os pufes. As peças ficam encaixadinhas no móvel, como no modelo desta foto.