Aqueça o seu cãozinho

Os mascotes também sofrem com a queda de temperatura e merecem alguns cuidados para ficarem aquecidos no inverno

Cachorro com frio

Em dias frios, evite a tosa e o excesso de banho no seu cãozinho. Ele vai agradecer!
Foto: Dreamstime

Quando a temperatura cai, os cachorros também sentem as consequências. “No inverno, os cães podem adquirir doenças como a tosse dos canis. Os sintomas são parecidos com os do nosso resfriado: febre, espirros, coriza e tosse”, explica a veterinária Tatiana de Freitas Coscia, de São Paulo. Por isso, é fundamental verificar se o seu amigão já tomou a vacina contra esse mal. Ela é dada uma vez por ano. E mais: para garantir uma temporada de frio bastante calorosa, vale seguir as dicas da especialista.

Deixe a tosa para mais tarde
Os pêlos são uma proteção natural contra o frio. Então, espere o tempo esquentar para tosar o bichinho. “Se houver muita necessidade, opte por roupinhas para deixá-lo aquecido, principalmente para passear na rua”, afirma.

Nada de multidão
Evite ambiente com muitos cães, como hotéis para cachorro. Em caso de proximidade, eles podem adquirir doenças.

Passeio programado
O ideal é sair com o seu cãozinho quando estiver sol. “Mas, como no inverno também há dias em que o sol está bem quente, muita atenção com os passeios feitos a partir do meio-dia. O sol muito forte pode queimar as patinhas dos cães”, adverte.

Conforto garantido
Não é preciso colocar o cão para dormir na cama com você. Mas ele merece um cantinho gostoso. Se ele dorme em piso frio, forre o lugar com tecido e cubra-o com uma manta.

Banho sob medida
Diminua a frequência de banhos: em vez de semanal, pode ser quinzenal. E muita atenção aos cuidados pós-banho. “É preciso certificar-se de que o lugar escolhido tenha água quente e seja fechado. Outra dica é não sair logo em seguida. Isso evitará um choque térmico”, resume.

Uma boquinha a mais
Se o seu cão não pára um segundo, você pode aumentar a porção de ração em 20% nesta época. “O consumo de alimento aumenta o nível energético. Mas o ideal é manter uma alimentação saudável. Frutas e legumes também são bem-vindos. Já para os cães obesos, nada de aumentar a comida”, enfatiza.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s