Comida de avó: vídeos contam histórias de receitas de família

O Grandma's Project é um convite para capturar, compartilhar e conectar culturas de avós do mundo todo por meio de suas receitas típicas.

Quantas coisas aprendemos com os nossos avós: história, cultura, amor, heranças e deliciosas receitas de família. Cada avó tem um toque especial na comida: um tanto de carinho e outro tanto de bagagem que torna cada prato único. O projeto Grandma’s Project, criado pelo francês Jonas Parienté, traz um pedacinho da cozinha e da cultura de diferentes vovós do mundo. De Paris à São Paulo elas são as protagonistas e os filmes contam com boas pitadas de doçura, delicadeza e afeto.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Nano nasceu no Egito e mora em Paris desde 1956, mas nunca considerou sua família “francesa”. A avó materna de Jonas mantém sua conexão com a cultura egípcia através da comida, passando isso para filhos e netos. “Para mim toda a cultura e herança familiar, tanto polonesa quanto egípcia, estão materializadas nas comidas que as minhas avós faziam. É o que me faz sentir parte dessas culturas, mais do que qualquer outra coisa. Não aprendi a falar árabe nem polonês, mas posso aprender as receitas delas e ensinar aos meus filhos. E é exatamente isso o projeto: capturar essa gastronomia e todas as histórias nela encapsuladas”, explica Jonas.

Comida com um sabor a mais sempre faz a diferença. E cada prato tem algo para contar, para lembrar e também para marcar. “É um prazer constante: quando vou dormir, amo ficar pensando no que vou comer no café da manhã, acordar e pensar qual almoço delicioso posso ter. A comida é prazer e relaxamento”, conta Jonas.

Dona Rosa é filha de libaneses nascida em São Paulo. Sempre gostou de cozinhar e foi aprendendo com a avó dela, já que a cozinheira da família nunca permitiu que ela entrasse na cozinha. Aos 97 anos, ela tira todos os anéis e se dedica ao “mehchi” com a ajuda de sua cozinheira Beatriz. E olha que as receitas favoritas de Dona Rosa são canja e risoles de camarão! 

Para Mathias Mangin, a cultura libanesa sempre esteve presente nos aromas dos pratos cozinhados por Dona Rosa. A avó ensina a receita de deliciosos charutos de folha de uva – e também sobre as histórias de família, de casamento e das tradições árabes. “A relação de prazer com a comida veio da minha avó. Sempre reunimos a família toda – filhas, netos e bisnetos – nos almoços árabes que ela fazia (e continua fazendo com a ajuda da Beatriz). A comida além de nos alimentar também servia para curar e alegrar as pessoas quando estavam tristes”.

E o que são essas receitas sem as memórias que temos delas? Sejam os almoços de domingo, as ocasiões especiais ou mesmo algo que sempre foi o seu prato favorito, todas elas são carregadas de sentimentos. Irvin Anneix e a fofura de avó Simone Anneix fazem juntos uma gemada, relembram a infância de Simone e ainda assistem Dragon Ball Z juntos – como faziam quando Irvin era pequeno. heart

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Qualquer um pode participar?

Criado para rememorar as conexões culturais e sentimentais com as avós, o Grandma’s Project é colaborativo e conta com a ajuda de cinegrafistas, videomakers e estudantes de Cinema/Rádio e TV e outras pessoas que gostem de contar histórias em vídeos. Quem quiser participar pode acessar o site (em inglês) e preencher o formulário, respondendo por que quer participar, qual a receita e sua história e a relação entre você e sua avó. Os pedidos são aceitos nas línguas inglesa e francesa. E se você não manja de captação e edição, pode mandar fotos para eles também.

Por enquanto existem quatro vídeos disponíveis e outros três em produção, mas o objetivo de Jonas é ter no mínimo 30 do mundo todo. “Fico muito feliz em compartilhar o projeto do Mathias e espero que mais brasileiros queiram dividir conosco as suas histórias gastronômicas, pois o Brasil tem muitas mais avós para falar!”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s