Descubra o vaso certo para o seu banheiro

Oval ou quadrada? Branca ou bege? Assento de plástico ou de madeira? Siga o passo-a-passo da boa compra e escolha a melhor privada

O vaso branco é quase unanimidade, mas
vale optar por bege ou cinza e suas nuances
Foto: Divulgação

1º passo: Decida a cor da louça
Analise a que mais combina com o estilo da sua casa. Branco é quase unanimidade, mas vale optar por bege ou cinza e suas nuances. Detalhe: evite tons escuros, que a impedirão de observar eventuais alterações nas fezes e urina.

2º passo: Escolha o modelo
• Oval: esse formato é o mais comum e o mais barato, com preços a partir de R$ 39,90. Conta com grande variedade de assentos.
• Quadrada e variações: com um desenho diferente do tradicional, tem preços mais salgados, que vão de R$ 200 a R$ 700. Pelo mesmo motivo, poucos assentos se encaixam nela. “O design encarece a peça, pois todas têm a mesma função, durabilidade
e resistência”, assinala Maurício de Jesus Ramos, gerente de sanitários da Leroy Merlin, de São Paulo.

3º passo: Defina a marca
Não é difícil encontrar vasos a preços acessíveis. Fabricantes como Icasa e Hervy oferecem peças a partir de R$ 39,90. Grandes indústrias também têm linhas populares. A Deca, por exemplo, desenvolveu o modelo Izy (cerca de R$ 50). Há, ainda, os mais elaborados. Mas, prepare o bolso: eles podem ultrapassar R$ 400! 

4º passo: Opte pela descarga
• Caixa acoplada: como o nome diz, o sistema, campeão de vendas, vem com o vaso sanitário. É imbatível em economia de água, pois libera no máximo seis litros. Custa cerca de R$ 100 a mais, mas acaba não saindo em conta.
• Válvula: Ao pressioná-la, o usuário libera a quantidade de água que quiser. Por isso, pode encarecer a conta de água. Outra desvantagem: a válvula que aciona a descarga deve ser comprado à parte e, com o acabamento, custa em média R$ 99,90 e se houver algum problema no mecanismo interno, é preciso quebrar a parede para arrumar.

5º passo: Encontre o assento
Determinados vasos exigem um modelo específico, outros têm uma infinidade de tipos disponíveis no mercado. Mas nem pense em comprar no palpite! “Tire uma foto digital ou pegue um jornal, coloque-o em cima do vaso e recorte o formato”, ensina Ramos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s