Dia das Crianças saudável e saboroso

No mês das crianças, Salmón de Chile separou uma lista de alimentos – e algumas dicas extras – para família toda comer bem

Comer bem é fundamental e nós já sabemos disso, não é mesmo? Por isso, a ideia agora é aproveitar o Dia das Crianças, uma data tão colorida e divertida, para reforçar a importância da alimentação infantil equilibrada. “Na fase pré-escolar, que começa já no primeiro ano de vida e vai até o sexto, a criança precisa suprir toda a energia que ela gasta. A partir daí já é importante incluir frutas, verduras e legumes na rotina da criança. A partir dos 7 anos torna-se ainda mais importante o aporte de carboidratos, proteínas e gorduras boas”, explica Bruna Pavão, nutricionista e autora do livro Receitas para Esportistas: Um Guia Prático Para se Alimentar Bem Antes, Durante e Depois do Treino, lançado pela Editora Alaúde.

É nessa fase, também, que o dia a dia fica delicado por causa das festinhas cheias de doces, frituras e tentações. Então, para os papais que têm dúvidas do que dar para seus filhos e como oferecer comidas saudáveis para eles, a nutricionista ainda alerta que a melhor maneira de introduzir uma alimentação saudável na rotina é não ter nenhum tipo de restrição alimentar e estimular a criançada a comer de tudo e nunca esquecer da hidratação adequada ao longo do dia. Abaixo, listamos 5 dicas para garantir o dia a dia saboroso e saudável da família toda: 

1- Não desista fácil: estudos garantem que é preciso oferecer a mesma comida até 7 vezes para a criança decidir se gosta ou não. E tem mais. Quanto mais variada a oferta, melhor. 

2 – Tenha a lista de alimentos essencial para uma boa alimentação sempre em mente: carboidratos que tenham fibras que geram saciedade e dão energia, proteínas de boa qualidade para construção dos músculos e órgãos, verduras escuras ricas em ferro. 

 (iStock/iStockphoto)

3 – Na hora de escolher a proteína, lembre-se de que uma das melhores opções é o peixe como, por exemplo, o Salmón de Chile.  Na hora de prepará-lo, prefira as versões grelhadas e assadas. Proteínas vegetais como ervilha, grão-de-bico e lentilha também são ótimas opções.  

4 – Para ajudar na introdução de todos os alimentos saudáveis na rotina do seu filho, que tal ir à feira e ao mercado junto com ele? Ensine o nome dos alimentos e faça com que ele escolha uma fruta ou legume para experimentar.  

5 – Use e abuse das cores. Varie as receitas, as formas e os cortes. Apresentações bonitas estimulam o imaginário das crianças. 

6 – Inclua ômega-3, presente no Salmón de Chile, na rotina do seu filho. A gordura poli-insaturada ajuda na memória e no desenvolvimento cognitivo. Por isso, é importante em todas as fases do desenvolvimento da criança que, desde cedo, tem contato com muitas informações novas.  

 (iStock/iStockphoto)

7 – Chame a criançada para a cozinha. Peça para ele misturar alimentos e lavar frutas. As crianças gostam de participar da preparação e ficarão com mais vontade de comer tudo que fizeram. Para animar ainda mais a ideia, que tal uma receita de hambúrguer com Salmón de Chile

 (Salmón de Chile/Divulgação)

☆ Tudo sobre o misterioso signo de Escorpião ☆