Dica para as mães: veja como ganhar mais tempo livre para você

Basta saber dividir as tarefas domésticas e ensinar a todos da família, desde cedo, que lavar a louça, arrumar as camas ou varrer o chão não mata ninguém

Você limpa tudo, arruma tudo, guarda tudo e sabe onde está cada agulha dentro da sua casa? Ótimo. Mas, por mais que seja prazeroso se sentir útil e necessária, uma hora é preciso reconhecer que a única maneira de não se sobrecarregar é dividir as tarefas domésticas.

Nessa hora, marido e filhos podem ajudar, sendo solidários. Aprenda a dividir as funções com dicas das terapeutas de família Elizabeth Polity e Lidia Rosenberg Aratangy. E desfrute um tempo livre!

Crie filhos independentes!

Ensine que as outras pessoas também têm suas vontades: seu filho precisa aprender a reconhecer e respeitar o espaço do outro, pensar nele e saber que ele também possui necessidades próprias.

Atribua mais responsabilidades: leve em consideração o desenvolvimento da criança. Se ela for pequena, ensine-a apenas a guardar os brinquedos. Quando crescer, já pode colocar a mesa, arrumar a própria cama e levar a roupa suja até o tanque. Aos 12 anos, pode ajudar até a cuidar dos irmãos mais novos.

Delegue tarefas e cobre resultados: crianças precisam aprender a fazer por merecer. Elas só devem ganhar algo depois que cumprirem suas responsabilidades, como fazer as tarefas da casa ou a lição escolar.

Ensine e aprenda com sua família

Converse em tom amigável: você sente que está carregando o mundo nas costas? Então, abra o jogo com ele! Ouça o que seu marido tem a dizer e tentem fazer um acordo.

Entenda os limites: dividir as funções por igual quando a jornada de trabalho do parceiro é maior do que a sua pode ser injusto – o que também não dá a ele o direito de chegar em casa e ligar a TV, enquanto você se mata limpando tudo sozinha.

Aceite as diferenças. Abandone essa ideia: “se for pra fazer desse jeito, deixa que eu mesma faço”. Seja menos rigorosa e aceite que há várias formas de se executar a mesma tarefa. Deixe seu marido e filhos fazerem do jeito deles!

Arrume um tempo livre em casa sem sentir culpa

Não centralize tudo em você: no fundo, a gente gosta de fazer tudo pelos outros para obter reconhecimento. É uma forma natural de se sentir importante. Mas há outras! Use o tempo livre que sobrar para descobri-las!

Controle menos: sabia que muitos homens só conseguem exercer o papel de pai após a separação, porque a mãe interferia tanto na relação deles com os filhos que impedia a criação de laços mais fortes?

Saiba seus limites: deixe o orgulho de lado e peça ajuda quando for necessário. Pedir socorro não tira pedaço e nem é sinal de fraqueza!

Organize-se: não há nada mais valioso do que o tempo. Quem não arruma meia horinha por dia para cuidar de si mesma não está se dando o devido valor.

Desenvolva novos talentos: dedicar todo o seu tempo à família impede que você descubra novas habilidades às quais gostaria de se dedicar (até para ganhar dinheiro…). Permita-se conhecer coisas novas e crie um projeto só seu. O que mais lhe dá prazer, além de cuidar das pessoas que você ama?

Tenha vida própria: recupere antigas amizades, aprenda a usar o computador, faça um curso gratuito na internet…

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s