Em guardanapos, mãe ensina sobre empoderamento à filha pequena

Para enfeitar a lancheira da filha, Meaghan Elderkin ilustra guardanapos com desenhos e frases de mulheres históricas.

Desde que a filha Holden estava na pré-escola, a americana Meaghan Elderkin se empenha em dar um toque especial à sua merenda. Há anos, ela faz desenhos nos guardanapos que coloca na lancheira da pequena, seguindo uma tradição que remete à sua própria infância. 

Antes, os os guardanapos eram ilustrados com dinossauros e frases engraçadas, mas Meaghan decidiu dar um novo significado à brincadeira depois da derrota de Hillary Clinton nas eleições americanas. “Eu me senti muito pequena e impotente depois do resultado da votação. Eu queria lembrar à minha filha (e a mim mesma, eu acho)  de que nós ainda somos fortes e poderosas, mesmo quando estamos com medo. Muitas mulheres fortes vieram antes da gente e elas tiveram que lutar batalhas ainda mais assustadoras”, contou Meaghan ao Huffington Post.

Agora, a merenda de Holden – que tem 9 anos – vem com frases de empoderamento ditas por grandes mulheres como Malala YousafzaiAmelia Earhart ou Lucille Ball. E também com desenhos fofos das guerreiras em questão.

Meaghan conta que a filha já era fã de Malala e que a ideia está fazendo o maior sucesso. No ano que vem, será a vez da caçula Elsa entrar na pré-escola e a americana garante que irá seguir criando guardanapos empoderados para ambas levarem ao colégio.

Confira aqui o trabalho cheio de carinho e criatividade dessa mãe:

guardanapo1 “A coisa mais difícil é a decisão de agir, o resto é meramente tenacidade.” – Amelia Earhart (pioneira piloto de aviões)

“A coisa mais difícil é a decisão de agir, o resto é meramente tenacidade.” – Amelia Earhart (pioneira piloto de aviões) (/)

guardanapo2 “Nenhum homem é bom o bastante para governar qualquer mulher sem o seu consentimento.” – Susan B. Anthony (feminista do Século XIX)

“Nenhum homem é bom o bastante para governar qualquer mulher sem o seu consentimento.” – Susan B. Anthony (feminista do Século XIX) (/)

guardanapo3 “Eu prefiro me arrepender das coisas que fiz do que me arrepender das que não fiz.” – Lucille Ball (comediante dos Anos 1950)

“Eu prefiro me arrepender das coisas que fiz do que me arrepender das que não fiz.” – Lucille Ball (comediante dos Anos 1950) (/)

guardanapo4 “Eu não tenho medo de tempestades, pois estou aprendendo como navegar meu barco.” – Louisa May Alcott (escritora do Século XIX)

“Eu não tenho medo de tempestades, pois estou aprendendo como navegar meu barco.” – Louisa May Alcott (escritora do Século XIX) (/)

guardanapo5 “A gente se dá conta da importância de nossas vozes apenas quando elas são silenciadas.” – Malala Yousafzai (militante pela educação das meninas)

“A gente se dá conta da importância de nossas vozes apenas quando elas são silenciadas.” – Malala Yousafzai (militante pela educação das meninas) (/)