Fortaleça a autoestima do seu filho!

Quer que ele seja um adulto seguro e realizado? Ajude-o a gostar de si mesmo, agora!

O primeiro passo é incentivá-lo a realizar tarefas que pensa não ser capaz
Foto: Dreamstime

Em diversas casas, o dia começa assim: a criança custa a acordar, demora no banheiro e enrola para tomar o café-da- manhã. E, a cada etapa dessas, a mãe fica agitada e eleva o tom de voz. Até que, a caminho da escola, percebe que o pequeno não escovou os dentes. Nervosa, ela berra: ‘Será possível que você não sabe fazer nada direito?’

A frase pode parecer um comentário sem importância, mas, para a criança, ela fere e magoa. ‘Quando os pais criticam e ridicularizam o filho, acabam por fazê-lo acreditar que é um inútil e não sabe fazer nada direito’, explica a psicóloga Nicole Plopler. ‘Isso não significa que é preciso deixar a criança livre para fazer o que quiser. Educar é impor limites, mas com amor, sem ameaças que deixem o pequeno com medo e inseguro’, acrescenta a psicóloga. Confira as dicas e ajude seu filho a confiar em si mesmo!

Sintomas da falta de autoconfiança

· Dificuldade em aceitar elogios. 
· Culpar os outros pelos próprios erros. 
· Ofender-se com as críticas. 
· Timidez excessiva. 
· Necessidade exagerada de agradar os outros. 
· Dificuldade em dizer ”não”.
· Necessidade de chamar a atenção.

No dia-a-dia…

Estabeleça tarefas apropriadas para a idade de seu filho, dando-lhe a oportunidade de superar os limites e aprender coisas novas. Comemore cada conquista.

Deixe que seu filho tente…

· Colocar suco no copo (ainda que derrame). 
· Vestir-se sozinho (ainda que coloque a roupa do avesso). 
· Guardar os brinquedos no armário (ainda que faça a maior bagunça). 
· Atender ao telefone e anotar os recados (mesmo que você não entenda a mensagem). 
· Fazer a lição sem ajudá-lo (para que descubra suas próprias dificuldades e tente superá-las).

☆ Pedras, cristais e rituais de proteção: saiba como usar ☆