Meu rottweiler faz a segurança da criançada

Basta uma delas chegar perto e o Ludwig assume o posto de anjo da guarda

Meu rottweiler faz a segurança da criançada

Ludwig com a Duda, a filhinha do meu veterinário
Foto: arquivo pessoal

Desde que o meu rottweiler Ludwig teve contato com bebês pela primeira vez, percebi que ele se apaixonou. No primeiro encontro com a Duda, filha do meu veterinário, ele já mostrou seu lado protetor: latiu que nem um doido porque um estranho se aproximou dela.

Ludwig é uma alma evoluída

Outro dia, ele pegou a Duda pela fralda quando percebeu que ela estava se afastando do pai. Mesmo com aquele bocão, ele a puxou com todo o cuidado! Brinco com os meus amigos que o Ludwig é uma alma evoluída, um anjo da guarda. Não é só porque ele é manso com as crianças, mas porque ele cuida da segurança delas.

Escolta de carrinho de bebê

Tem pouco tempo que estávamos na porta de um shopping e o Ludwig cismou de querer fazer escolta para a criancinha que mexeu com ele na entrada. Quando vi, ele estava me puxando para acompanhá-la. Eu expliquei: ”Ludwig, nós não podemos entrar aí!”. E ele me olhou com cara de ponto de interrogação. E a euforia dele quando vê um carrinho de bebê na rua? Tudo o que ele quer é cheirar a criança e ir atrás dela.

Confio no caráter do meu cachorro

Meu cachorro é tão bonachão com os pequenos que não se incomoda nem de ser mordido por eles. É claro que não deixo o Ludwig sozinho com as crianças. Afinal, são dois bebês que podem aprontar alguma besteira. Mas confio muito no caráter dele.

Consigo enxergar a diferença dele para os outros cachorros no meu próprio sítio. A prima do Ludwig, a Gita, também é tranquila, mas não tem esse cuidado em proteger os bebês. Eu não ensinei isso ao Ludwig, ele nasceu com esse dom. Sorte da criançada, né?

Uma questão de amor e genética

O rottweiler tem fama de mau por conta das notícias de ataques a pessoas. Mas, segundo a Daniela, se for bem tratado e tiver um caráter genético bom, ele só avança em uma situação de risco. Nos últimos anos, essa raça tem ajudado o trabalho da Polícia Militar na área de segurança e também em ações de risco, como procurar vítimas de acidentes.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s