Minha tartaruga Dercy foi pra UTI

Ela teve pneumonia. Como sou uma mãe dedicada, lutei pelo bem-estar dela

Minha tartaruga Dercy foi pra UTI

Depois da radiografia e do diagnóstico, o jeito foi internar a minha tartaruga por 
um mês
Foto: arquivo pessoal

Meu coração partiu quando o médico avisou: ”É grave”. Dercy estava com pneumonia. Vi a radiografia do pulmão da minha tartaruguinha e fiquei arrasada. Bem que eu percebi que ela estava mais lenta do que o normal e que soltava uma secreção estranha pelo nariz fazia uns 15 dias. Minha bebê tinha que ser internada imediatamente para ter chances de sobreviver.

Se ela morresse, eu não perderia um bichinho de estimação: perderia uma filha, e a Hebezinha, <a href="javascript:muestra_imagen('/imagem//thumb-lista-flash-80×60/transparente.gif’,300,200,’Minha%20paix%C3%A3o%20por%20tartarugas’%20,’Poucas%20pessoas%20entendem%20o%20porqu%C3%AA%20da%20minha%20paix%C3%A3o%20pela%20Dercy%20e%20pela%20Hebe.%20Desde%20que%20eu%20ganhei%20as%20duas%20do%20meu%20noivo,%20descobri%20um%20carinho%20diferente%20do%20que%20eu%20j%C3%A1%20tive%20por%20cachorros.%20Elas%20n%C3%A3o%20correm%20pela%20casa%20nem%20abanam%20o%20rabo…%20Mas,%20quando%20eu%20fa%C3%A7o%20carinho%20na%20cabe%C3%A7a%20delas,%20elas%20respondem%20esticando%20o%20pesco%C3%A7o%20e%20vindo%20at%C3%A9%20mim.%20Fofas!’)”>minha outra tartaruga, perderia a irmã mais velha. Procurei um veterinário especializado em tartarugas e, em um mês, lá se foram quase R$ 700 em radiografias, medicamentos e diárias de internação.

A Dercy fez até fisioterapia

A minha tartaruga tinha que fazer inalação todos os dias, fisioterapia, recebia remédios via sonda, tomava banho de luz. Eu ligava sempre pra saber a evolução da Dercy, e todo final de semana levava a Hebe pra ver a irmãzinha. Colocava as duas juntas, e a Hebe ficava toda agitada ao rever a irmã doente.

Na primeira semana de tratamento, a Dercy não deu nem sinal de recuperação. Fiz contato com outras mães de tartarugas com pneumonia e fiquei com medo: havia umas que nem se mexiam mais, de tão doentes. Segurei o choro e continuei torcendo pela recuperação dela.

Acho que o pensamento positivo fez efeito: em mais três semanas minha tartaruguinha melhorou, e com um mês de internação ela recebeu alta! Fui com a Hebezinha buscá-la no hospital. Meu pai até construiu uma casinha nova pra recebê-la de volta, toda aconchegante e longe de umidade, para ela não se gripar. Ah, depois desse episódio, eu sou uma mãe muito mais cuidadosa, claro.

Leve seu pet ao veterinário

Você não precisa gastar uma fortuna pra socorrer o seu bichinho doente. Algumas universidades oferecem hospitais-escolas, que atendem animais a preços reduzidos ou até gratuitamente, dependendo do caso, do interesse de estudo e da política do hospital. Informe-se nos telefones abaixo.

São Paulo (SP) – USP
(11) 3091-1248

Niterói (RJ) – UFF
(21) 2629-9505

Porto Alegre (RS) – UFRGS
(51) 3308-6097

Salvador (BA) – UFBA
(71) 3283-6728

Brasília (DF) – UnB
(61) 3307 2430

Belo Horizonte (MG) – UFMG
(31) 3441-2599

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s