Mude a parede e transforme sua casa

Transforme o visual da sua casa investindo na reforma das paredes. As opções de revestimento são infinitas - vão dos tijolos às pastilhas - e tem para todos os gostos e bolsos

Rústico chique

Pizza Bar, por Cris Paola e Daniela Barella, e Camarote Brasil, por Ana Rita Souza e Silva, na Casa Cor São Paulo 2010
Foto: Evelyn Muller

Tijolos à vista trazem aconchego ao ambiente. “Para contrastar é indicado decorar o espaço com móveis modernos – de aço, vidro ou acrílico. Se preferir, use os rústicos que dão unidade ao tema”, orienta a arquiteta Daniela Barella (SP). O tijolinho cai bem em salas ou áreas externas, como jardins, sacadas, varandas e quintais. É possível, também, utilizar papéis de parede com o mesmo resultado visual. Já o efeito de cana de bambu pode ser produzido com esteiras feitas sob medida. “Serve para áreas externas, porém cobertas. É interessante para as casas de praia”, sugere a arquiteta Ana Rita Souza e Silva.

Materiais criativos

Mude a parede e transforme sua casa

Suíte Praia, por Andrea Teixeira e Fernanda Negrelli, e Suíte Daniela Mercury, por Letícia Ruivo, na Casa Cor São Paulo 2010
Foto: Evelyn Muller

Pedras, bambus, fibras… Os revestimentos de parede estão cada vez mais irreverentes. A juta (à esquerda) é um dos mais em conta e é encontrada em rolos nas versões crua, colorida ou estampada. As pedrinhas (à direita), ou minisseixos de marfim, são vendidas em telas. A arquiteta Letícia Ruivo (SP) indica as pedras para paredes internas por se tratar de um material delicado.

Textura e cor

Mude a parede e transforme sua casa

Lavanderia, por Ana Cristina Tavares e Claudia Krakowiak; Suíte Adriane Galisteu, por Betina Barcellos, Karina Salgado e Andrea Bugarib, na Casa Cor São Paulo 2010
Foto: Evelyn Muller

Resistentes à água, as pastilhas (à esquerda) são uma boa opção de acabamento para lavanderias, cozinhas e banheiros. “São encontradas em diversas cores e estampas e têm alta durabilidade”, diz a arquiteta Claudia Krakowiak (SP). Aliás, já existem papéis de parede que imitam o efeito visual da pastilha, mas são menos resistentes à umidade. As pedras brutas (à direita) também estão em alta. “Ficam um charme em tamanhos irregulares, com profundidades diferentes”, sugere a arquiteta Betina Barcellos (SP). Use as pastilhas e pedras em uma única parede.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s