Príncipe Harry planeja tirar duas semanas de licença-paternidade

Além do novo período de licença-paternidade, o Príncipe Harry também está estudando um tipo específico de parto. Saiba mais!

Com a chegada cada vez mais próxima do novo membro da família real, informações sobre o assunto aparecem a todo momento. Dessa vez, segundo o jornal britânico “Express”, o Príncipe Harry decidiu que tirará duas semanas de licença-paternidade para partilhar o nascimento do filho com Meghan Markle, a duquesa de Sussex.

Ainda de acordo com o veículo, o motivo que levou a essa decisão foi revelada por meio de um amigo próximo de Harry. “Ele não precisa tirar licença-paternidade porque ele não trabalha do mesmo jeito que a maioria das pessoas, mas ele pensa que é uma coisa é uma coisa de ‘pai moderno’ a se fazer”. 

Mais do que pontuar a decisão do futuro papai de ficar afastado das tarefas reais por 14 dias, o jornal também falou sobre uma técnica que está sendo estudada por Meghan e Harry para o nascimento do bebê real: parto de Lótus. O assunto veio à tona quando perguntaram ao príncipe se ele gostaria de cortar o cordão umbilical do filho ao nascer e, ao que tudo indica, a resposta é não, já que esse tipo de método consiste em deixar o cordão ligado aos órgãos da criança, até que ele seque e caia naturalmente.

Na matéria, também foi relembrado que a empolgação de Harry com a gravidez de Meghan é tanta que ele já preparou uma playlist para o parto da esposa, com músicas como “Eternal Source of Light Divine” (de Handel), canção que foi fundo para a entrada da duquesa de Sussex na Igreja, e “Circle Of Life” (Elton John), que tocou na recepção do casal.