9 diferenças entre o Masterchef Profissionais e o Amadores

Não é só o nome, não.

A essa altura do campeonato, você sabe que a novidade do reality show de gastronomia Masterchef fica por conta dos candidatos: desta vez, são todos chefs formados de cozinha. Enquanto algumas coisas permancem iguais – os jurados, Ana Paula Padrão e até mesmo as deliciosas receitas -, pequenos detalhes chamam atenção dos telespectadores. E aí, qual você gosta mais?

1. É uma verdadeira batalha de egos.

A sabedoria, talvez, não venha desacompanhada…

2. O tempo não é o pior inimigo…

Aparentemente, o pessoal entende muito bem sobre quanto tempo é necessário para cada tipo de prato.

3. … mas sim as tretas ~técnicas~.

Fica aí a dica, viu?

4. Dá para perceber mais claramente a diferença entre homens e mulheres na cozinha.

E olha que esse é o “lugar de mulher”, né?

5. Porém, eles entendem como uma cozinha funciona.

6. Ali, a idade faz toda a diferença.

Não é só ser um millenial que tem ideias “gourmets e desconstruídas”, com um cardápio moderninho. Na profissão, quanto mais anos na cozinha, melhor.

7. Dificilmente há algo que ninguém “nunca” fez.

Eles podem até ter visto algumas duas vezes ou testado uma só, mas as surpresas são raras.

8. E os chefs dão mais dicas interessantes.

A Paola principalmente <3.

9. Aliás, eles estão muito mais soltinhos nessa temporada.

Será que é mais legal quando tem gente que “sabe” o que está fazendo?

E há só uma semelhança: ninguém manja mesmo de sobremesa.

Temporada vai, temporada vem, a gente dorme pouco e não há um ser humano que acerte um doce. Minha nossa.