‘Acho que podem ter passado uns dois psicopatas pela minha vida’, diz Adriane Galisteu

Apresentadora conversou com a imprensa nesta terça-feira (7) sobre seu novo programa, "Paixões Perigosas"

A apresentadora falou sobre a atração nesta terça-feira (7), durante coletiva, em São Paulo
Foto: Thiago Duran/AgNews

Movida a desafios, Adriane Galisteu não pensou duas vezes ao receber o convite para narrar as histórias reais de traição do programa “Paixões Perigosas”, do canal a cabo Investigação Discovery, no final do ano passado. Agora, a cerca de duas semanas da estreia da atração, que tem previsão de entrar no ar em 24 de maio, a estrela não esconde a ansiedade e a alegria por estar no projeto.

“Estou animada porque é tudo diferente de tudo o que eu já fiz na vida. Tem esse fio condutor sarcástico, que eu faço na narração, e ainda atuo um pouco na apresentação. Para isso, aproveitei um pouquinho da minha experiência no teatro”, declarou Adriane à Contigo! Online durante encontro com a imprensa na manhã desta terça-feira (7).

Impressionada com os casos trágicos do “Paixões Proibidas”, a famosa contou também que, em certo momento, chegou até a questionar o marido, Alexandre Iódice, sobre a relação dos dois. “Um dia, perguntei pra ele: ‘Você já teve vontade de matar alguém (risos)? Você sente muito ciúme?’. Ele disse que eu estava ficando louca (risos)”, brincou a apresentadora, que já gravou todos os 10 episódios.

E parece que alguns dos capítulos fizeram mesmo Adriane pensar em seus relacionamentos. Não que as tramas apresentadas tenham associação direta associação com a vida real da loira. Mas, conforme ela mesma revelou, pode se ver em situações vividas pelas personagens.

“Achava que não conhecia nenhum psicopata. Mas depois do que vi, acho que podem ter passado uns dois psicopatas pela minha vida (risos)”, disse a mãe de Vittorio.

Apesar de estar com o contrato na Band perto do fim, Adriane afirmou que o trabalho na TV fechada é um acordo que tem com a emissora paulista. Aliás, sua situação ainda é incerta na empresa, pois, embora possa estar de saída, ainda está finalizando as gravações de “Quem Quer Casar com Meu Filho?”.

“Eles devem resolver isso (a questão da renovação do contrato) logo, por essa semana. Mas ainda não sei de nada. Devo saber amanhã à noite. Vou gravar o dia inteiro e depois vou bater na sala do meu chefe!”, revelou a loira. Ela aproveitou para falar sobre a vontade de ter um programa dominical. “A Eliana é a única mulher na TV neste dia e está nadando de braçada. É meu sonho ter uma atração aos domingos”.

Enfim, realizada na vida pessoal

Casada com Alexandre Iódice, Adriane está feliz com a família que formou ao lado do empresário. Sobretudo com o filho, Vittorio, que está cada vez mais esperto e apegado à mãe. Porém, nem sempre a vida amorosa da apresentadora foi um mar de tranquilidade.

“Eu traí e fui traída, já vivi grandes paixões também. Sempre fui adepta da minha verdade. E até o sexto mês de namoro era uma maravilha, depois enchia o saco. Mas sabia se encontrasse uma pessoa que me amasse e não me atrapalhasse seria o homem certo. Graças a Deus, encontrei o meu marido. E com o tempo a gente entende que não precisa fazer certas coisas, que não sou obrigada a ficar com um traste do lado só para ter alguém”, disse.

A emoção da estreia e a paixão com que fala dos rumos que a vida tomou só não são maiores que a alegria de ganhar a primeira homenagem de Dia das Mães do filho. “No ano passado ele não fez porque era muito pequeno. Neste, ele vai fazer a apresentação na escola, na sexta-feira (10). Estou super ansiosa, acho que vai ser o meu maior presente”. (DFN)