Amor à Vida: Paloma flagra Bruno no quarto com Aline

Safada que só, Aline dará um jeito de fazer com que Paloma pegue Bruno numa situação suspeitíssima, do lado de sua cama, no apartamento de César!

César cai novamente na lábia de Aline
Foto: TV Globo/ Divulgação

A intenção da ordinária é fazer com que  Paloma (Paolla Oliveira)  rompa com o Bruno (Malvino Salvador) e fique completamente desestabilizada.

Assim, a piranha safada primeiro liga para Bruno dizendo que César (Antonio Fagundes) quer ver novos empreendimentos comerciais. E pede ao corretor que vá até lá. Segundos depois, a megera liga para a enteada e implora a presença dela, mentindo que Juninho está com febre altíssima.

Dando sequência ao plano, Aline (Vanessa Giácomo) manda o porteiro liberar a entrada de Bruno e Paloma assim que eles chegarem ao prédio. Bruno aparece primeiro, entra e encontra Aline de roupão.

A vadia diz que César teve um imprevisto no hospital e derruba uma xícara de chocolate na camisa do corretor. Sonsa, ela pede desculpas e manda Bruno se limpar no banheiro do quarto enquanto arruma uma camisa do marido para emprestar.
Tudo de caso pensado, óbvio!

Neste momento, Paloma entra no apartamento, Aline ouve seus passos e fica quase nua. Nisso Bruno sai do banheiro se enxugando com uma toalha. Furiosa por achar que o marido estava na cama com a madrasta, Paloma pergunta se os dois não têm vergonha na cara. Bruno tenta se defender, mas Aline é mais rápida e despeja um monte de mentiras. “Pouco antes de eu te chamar, Paloma, eu tinha dado um antitérmico para o meu filhinho. Ele reagiu tão bem, que eu já ia te ligar dizendo para você não vir. Mas aí o Bruno tocou a campainha e estava tão fogoso… Ele já foi me agarrando, me puxou para o quarto e, quando vi, já estava rolando… Eu e o Bruno, a gente tem um caso, não dá mais para mentir. Paloma, você tem que ser muito burra pra não ter percebido antes!”

Paloma não se controla e dá uma bela surra na vilã, que fica toda roxa. E sai de lá decidida a se separar de Bruno e contar toda a história cabeluda a César. Minutos depois, na casa em que mora com o esposo, Paloma diz a ele que não o perdoa e mais: “estou voltando para o meu apartamento e levarei a Paulinha”. A princípio, Bruno não aceita ficar sem a filha, mas depois concorda por ela ter que fazer tratamento contra o lúpus.

Mais tarde, Aline faz a cabeça de César assegurando que Bruno a vinha assediando, e que tentou atacá-la, daí as marcas roxas. Porém, Paloma chegou no exato momento e pegou o marido no pulo.

Claro, o babão acredita e quando Paloma vai contar a verdade ao pai, César acha que ela está defendendo o companheiro para ele não ser preso por agressão. Paloma retruca que Bruno não fez nada, e que foi ela quem bateu na piranha safada. Com isso, César corta a relação com a filha, insistindo: Aline é um anjo! Ai, que ameba!!!