Aos 81 anos, morre Joan Rivers

A informação foi confirmada por Melissa Rivers, filha da comediante em comunicado à imprensa

Morreu nesta quinta-feira (4), em Nova York, aos 81 anos, a apresentadora de TV e comediante Joan Rivers. A informação foi confirmada por Melissa Rivers, filha da artista. “É com grande tristeza que eu anuncio a morte de minha mãe, Joan Rivers. Ela morreu tranquilamente às 13h17 rodeada pela família e amigos”, disse em comunicado enviado à imprensa.

A artista, que atualmente apresentava o programa Fashion Police, no canal pago <i>E!</i>, estava internada em coma induzido desde a quinta-feira (28), por complicações após uma cirurgia nas cordas vocais, de acordo com o TMZ. Na ocasião, sua filha se manifestou dizendo que todos estavam com os “dedos cruzados”. 

“A alegria maior da minha mãe era fazer rir. Embora seja difícil fazer isso agora, eu sei que o seu último desejo seria de que nós voltássemos a rir logo”, escreveu Melissa em tributo a Joan.

Vida dedicada à comédia

Conhecida hoje, principalmente, por suas ácidas críticas aos looks duvidosos das celebridades em seu programa, o Fashion Police, a novaiorquina nascida Joan Alexandra Molinsky construiu uma grande carreira em shows de stand-up. Com um humor rápido, muitas vezes autodepreciativo, ela zombava de tudo e de todos.

Nunca negou suas diversas cirurgias plásticas e, na verdade, fez diversas piadas sobre elas. Suas vítimas favoritas, desde sempre, eram as celebridades e o modo de vida de Hollywood. Por suas participações em talk shows, primeiro como convidada e depois como apresentadora, ficou conhecida como a ‘Rainha da Comédia Americana’ e ganhou uma estrela na calçada da fama. Viúva do produtor e roteirista Edgar Rosenberg, Rivers deixa a filha Melissa.