Arya Stark é oficialmente a dona de “Game of Thrones”

"Lute como Arya Stark" já pode ser o lema oficial de "Game of Thrones" depois do 3º episódio da 8ª temporada.

Atenção: esse texto contém spoilers do 3º episódio da 8ª temporada de “Game of Thrones”.

Pelo amor dos antigos deuses e dos novos, o que foi aquela cena envolvendo Arya Stark e o Rei da Noite? Os fãs vibraram como se fosse final de Copa do Mundo.

A garota que a gente viu crescer deixou seus mestres orgulhosos e ela é, sem dúvida, a personagem de maior destaque do episódio que foi ao ar nesse domingo (28).

Para início de conversa, foi lindo ver Arya indo para a briga, cheia de coragem. Ágil, corajosa e esperta, ela conseguiu acabar com vários mortos vivos e enganou outros tantos antes da cena derradeira com o Rei da Noite. A primeira cena dela “dançando” com seus inimigos – como dizia o professor Syrio Forel lá na primeira temporada – foi de arrepiar. 

Noutra cena totalmente inspiradora, o Cão está paralisado em meio à batalha e Beric Dondarrion – aquele cara do tapa-olho – chama sua atenção, dizendo que os companheiros precisam dele na luta. “Vai à merda, nós não temos como vencer! Você não vê, seu idiota? Nós estamos lutando contra a morte, não há como vencer”, esbraveja o Cão. “Diga isso a ela”, responde Beric, apontando para Arya.

E esse diálogo diz muito sobre o que veríamos a seguir. Beric chegou a dar a vida por Arya, cumprindo sua missão nesse mundo, como explicou Melisandre. Logo depois, Arya e Melisandre tiveram uma conversa que remete ao presságio que a sacerdotisa teve quando as duas se conheceram, lá na terceira temporada.

 (HBO/Divulgação)

“Você disse que a gente voltaria a se ver e que eu fecharia muitos olhos para sempre. Você estava certa sobre isso”, diz Arya. Ao que Melisandre responde: “Olhos castanhos, olhos verdes e olhos azuis” – do mesmo jeito que falou anos atrás. E qual é a cor dos olhos dos Caminhantes Brancos, minha gente? AZUIS. Pelo jeito Arya esteve destinada desde sempre a ser a heroína da batalha contra os seres do norte da Muralha.

E ela foi exatamente isso: a heroína da porra toda.

Na cena derradeira da batalha, o Rei da Noite havia acabado de matar Theon e estava prestes a fazer o mesmo com Bran. Só que Arya o surpreende, empunhando a adaga de aço valeriano usada pelo homem que tentou matar Bran vários anos atrás, na primeira temporada.

O Rei da Noite pega Arya pelo pescoço e, por um instante, todo mundo pensou que aquele seria o fim da garota Stark. Mas, com movimentos certeiros, ela consegue passar a adaga de uma mão para a outra e golpeia o Rei da Noite na barriga. Ele imediatamente se quebra como gelo e todos os mortos vivos “morrem” também.

Que Arya é uma das melhores personagens de “Game of Thrones”, disso a gente já sabia, mas agora ela sagrou-se como dona de tudo! Uma menina de 18 anos teve a audácia, a esperteza, a força e a coragem de salvar o mundo. Foi lindo demais ver isso.

Lute como uma garota! Lute como Arya Stark!

☆ Tudo sobre o misterioso signo de Escorpião ☆