Autores de Insensato Coração fazem um balanço da primeira fase da novela

Gilberto Braga e Ricardo Linhares explicam como a trama ganhará mais ritmo a partir do centésimo capítulo, quando Norma encontra Léo

Norma ganhará cada vez mais destaque em Insensato Coração
Foto: Divulgaçao – Rede Globo

Na quinta-feira (12/05/2011), vai ao ar o capítulo 100 de Insensato Coração, que dará um novo ritmo à trama de Gilberto Braga e Ricardo Linhares. Norma, personagem de Glória Pires, encontra Léo (Gabriel Braga Nunes) no final do centésimo capítulo. O encontro não acaba bem para a técnica de enfermagem, que será mais uma vez humilhada pelo vilão. Mas, nos capítulos seguintes, Norma promove uma reviravolta na própria vida.

Os acontecimentos têm tudo para alavancar ainda mais a audiência de Insensato Coração, que já é líder no horário, com média de 33 pontos. O que, claro, já é motivo de comemoração para os autores, como revelam em entrevista exclusiva à MINHA NOVELA, em que fazem um balanço dos cem primeiros capítulos da obra.

Qual o balanço da primeira etapa da novela? Quais foram os destaques?

Gilberto Braga: O balanço é positivo. A história segue seu curso como prevíamos e queríamos. É difícil apontar um ou outro que tenha nos surpreendido. Os núcleos fixos, assim como as participações, agradam muito a nós.

Ricardo Linhares: Seria injusto destacar alguém nesse elenco de feras. Então, elejo Antonio Fagundes para representar o time. Além de um ator maravilhoso, é um grande companheiro. Generoso, disponível, agregador. Criou um Raul forte, sofrido, que vê o filho se tornar marginal, por mais que procure ajudá-lo.

Autores de Insensato Coração fazem um balanço da primeira fase da novela

Ricardo Linhares e Gilberto Braga comemoram o sucesso de Insensato Coração
Foto: Agnews

Alguma trama não foi desenvolvida?

GB: Não. Cada trama pôde ter tido seu tempo de desenvolvimento, afinal, isso faz parte da dinâmica de uma telenovela.

RL: Todas as histórias estão sendo desenvolvidas como foram previstas. A base da novela é o núcleo familiar de Raul e Wanda (Natália do Vale), que se desagrega a partir do conflito ética versus desonestidade, representado pelos dois filhos do casal, Pedro (Eriberto Leão) e Léo. Em torno deles, giram os demais núcleos, com destaque para Marina (Paola Oliveira), Norma e Cortez (Herson Capri). Tenho orgulho por desenvolver três temas que estão causando repercussão positiva. A campanha pelo uso da camisinha – em todas as transas da novela, mostramos os personagens usando preservativos; o exemplo negativo de Vinícius (Thiago Martins) serve de alerta. O combate à homofobia, com o Kléber (Cássio Gabus Mendes). E personagens negros bem-sucedidos, como André (Lázaro Ramos) e Carol (Camila Pitanga). Há uma ação afirmativa envolvendo gays e negros.


A audiência é uma preocupação? Já mudaram algo por causa do ibope?

GB: É claro que a audiência é importante. Nós, autores, trabalhamos com a preocupação de oferecer o que temos de melhor ao público. O foco está na qualidade do texto. Queremos entreter, emocionar e divertir a nossa audiência sempre. E estamos satisfeitos com os resultados.

RL: Cuidado para não divulgar informação errada, baseada em colunas de fofoca. Insensato Coração é o programa de maior audiência da TV brasileira. Imbatível! Basta olhar os números. Não há ibope maior, atualmente. Cada capítulo tem quase que o dobro da soma da audiência de todos os programas concorrentes. No feriado da Semana Santa, tradicionalmente um período de queda, foi a única novela que não teve diminuição significativa no ibope. Não existe preocupação alguma. Ao contrário. Nosso sucesso é festejado na emissora. Tanto que houve o pedido de aumento de dez minutos em cada capítulo, para que a novela fique mais tempo no ar.


Com a saída de Norma da cadeia, seria demais afirmar que ela assumirá o posto de protagonista?

GB: A saída de Norma da cadeia é mais um importante acontecimento que já estava previsto na trama. Ela segue seu curso, conforme desenhamos quando criamos a história. Sim, ela é um dos personagens mais grandiosos.

RL: Todos os passos da Norma foram bolados há mais de dois anos, quando a história nasceu. A morte de Araci (Cristiana Oliveira), por exemplo, já estava escrita. Norma sai da cadeia, torna-se amiga de Natalie, que indica o bairro do Horto para ela morar. Norma aluga o quarto na casa de Fabíola (Roberta Rodrigues), conhece Milton (José de Abreu). Através dele, vai trabalhar como acompanhante de Teodoro, que sofrerá uma angina (de peito. Dor forte causada por doença coronária). E vai armar para se casar com o milionário. Rica e poderosa, ela conseguirá se vingar de Léo.

 

O que o público deve esperar a partir da “virada” da novela?

GB: Muita emoção e um show à parte com o talento de Gloria.

RL: Insensato Coração não tem uma “virada”, e sim um desenvolvimento coerente.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s