Avenida Brasil: Carminha declara guerra a Max

Depois de passar a perna no cúmplice, a vilã ameaça assassiná-lo caso ele a abandone

Max descobre que Carminha mentiu para ele e diz que vai se separar de Ivana e ir embora da mansão de Tufão
Foto: TV Globo/Divulgação

O caso de amor de Carminha (Adriana Esteves) e Max (Marcello Novaes) sofre um grande abalo depois que ele perde os R$ 600 mil do falso sequestro. Ela o ofende de todas as maneiras. “Sabe o que você tem na cabeça? Bosta! A gente só não sente o fedor cada vez que você aparece porque tá tudo fechado aí no fundo dessa tua cabeça dura!”, grita. E vai além: a vilã o chama de banana, manda-o morrer e lembra que, se não fosse por ela, ele estaria “cuidando dos porcos do Nilo (José de Abreu)”.

Depois disso, Carminha se arrepende e dá um relógio de presente ao amante, que amolece. Em seguida, ela diz a Max que arrancou R$ 250 mil de Tufão (Murilo Benício) para fazer uma obra na casa de Cabo Frio e que dividirá com ele a grana. Mas o safado descobre com Ivana (Letícia Isnard) que o valor foi o dobro e fica louco da vida.

Ele chega a dizer que deixará tudo para trás. “Devia me separar da Ivana amanhã! Dane-se se eu saio desse casamento com uma mão na frente e outra atrás! Devia dar o fora dessa casa, desse hospício! Devia arrumar uma vida de verdade pra mim, uma mulher de verdade!”, avisa.

Carminha, claro, não deixa barato. “Ah é? Faz isso pra você ver! Eu te mato! Mato essa mulher e te mato! Sua mulher sou eu!”, brada a megera, que prefere tirá-lo do seu caminho a ser a “outra”.

As ameaças da vilã, no entanto, não abalam Max. Ele responde um monte de desaforo e sai, deixando-a falando sozinha. “Vai pro inferno, Carminha!”, finaliza.