Avenida Brasil: Nina vira cozinheira de Carminha para destruí-la

A chef volta ao Brasil para cumprir sua vingança, depois da morte súbita de seu pai adotivo na Argentina

Siga o mdemulher no Instagram

Depois da morte do pai, Nina volta ao Brasil para se vingar de Carminha
Foto: TV Globo/Divulgação

Treze anos depois de se livrar do lixão e ser adotada por Martín (Jean Pierre Noher), Nina (Débora Falabella) sofre um outro baque: seu pai adotivo tem um ataque cardíaco e morre em seus braços.

Mas, antes de dar o último suspiro, faz um apelo à filha: “Você vai me prometer que esquecerá aquela mulher que acabou com a sua vida no Brasil. Que vai desistir dessa vingança.” “Prometo, pai”, responde Nina.

Apesar da promessa, a chef de cozinha avisa à irmã Begônia (Carol Abras) que deixará a Argentina antes mesmo de o corpo de Martin ser recolhido. Nina participa do enterro do pai, termina o namoro com Hector (Daniel Kuzniecka), pega o primeiro avião e desembarca no Rio. 

Já instalada na cidade, Nina entra em contato com Ivana (Letícia Isnard), irmã de Tufão (Murilo Benício), com quem fez amizade pela internet de propósito.

A chef pede um emprego à amiga, que faz com que Carminha (Adriana Esteves) a contrate como cozinheira. A família inteira cai de paixão por Nina e seu tempero. A única que fica com o pé atrás é Carminha, que não vai com a cara da nova empregada e passa a implicar com ela.

Mas Nina não se abala: ela promete a si mesma que virará a melhor amiga da vilã para, depois, destruí-la. E assim se vingar por ter sido abandonada no lixão.