Beyoncé faz homenagem tocante para Mandela em carta aberta

A cantora falou sobre como foi conhecer Nelson Mandela pessoalmente e a importância na vida dela como mulher negra.

No próximo domingo (2), acontecerá o Global Citizen Festival: Mandela 100″, na África do Sul. Uma das convidadas a se apresentar no evento será Beyoncé. Para celebrar esse momento especial, a famosa escreveu uma carta aberta dedicada a Nelson Mandela, o grande homenageado da noite, que completaria 100 anos em 2018. 

Mais do que vê-lo como o ex-presidente da África que lutou bravamente contra o apartheid, a cantora conheceu Mandela pessoalmente em 2004 e é exatamente sobre esse impacto que ela escreve no início da publicação. 

Como uma mulher negra, Beyoncé sempre se refere a história do grande líder como “nossa”, já que as dificuldades, esforços e conquistas dele são refletidas até hoje na vida de pessoas negras.

“Você foi um guerreiro estratégico, um ativista corajoso, e um carismático e amado líder. Sua visão de dignidade, de direitos humanos, de paz e de uma África do Sul livre do racismo e apartheid nos permite tornar sonhos em realidade”, afirmou.

A famosa também lembrou que foi sua mãe quem apresentou o ativista para ela e para a irmã dela, Solange, mostrando às duas a importância de lutar contra o racismo e, mais do que isso, que há uma vida possível além do preconceito.

“Você tornou possível para muitas pessoas como eu rejeitar as impossibilidades e entender nossas capacidades de fazer mudanças duradouras no mundo. Os menores esforços podem mudar a trajetória de muitos que vivem na pobreza extrema, enfrentando injustiças, a obscenidade do racismo e lutando por seus direitos como humanos”, escreveu.

Veja a carta completa:

Além de Beyoncé, Jay-ZEd Sheeran, Chris Martin e outros famosos se apresentarão no evento dedicado ao ex-presidente.

Caso você queira assistir aos shows, eles serão transmitidos pela MTV Brasil no domingo, a partir das 18h.

☆ Tudo sobre o misterioso signo de Escorpião ☆