Bibi Ferreira: saiba mais sobre esse grande ícone, que morreu aos 96 anos

Atriz, compositora, cantora e diretora, Bibi foi uma figura célebre nos palcos brasileiros. Ela havia encerrado sua carreira poucos meses atrás.

Siga o mdemulher no Instagram

Bibi Ferreira – nome artístico da atriz, cantora, compositora e diretora, Abigail Izquierdo Ferreira – veio a falecer aos 96 anos, nessa terça-feira (13). Ela foi vítima de uma parada cardíaca e a informação foi confirmada por sua filha, Teresa Cristina.

Teresa revelou que a mãe estava em casa e pediu um copo d’água. Nesse momento, a enfermeira que a acompanhava percebeu que os batimentos cardíacos de Bibi estavam fracos. Um médico foi chamado e a artista foi levada ao hospital, mas não conseguiu chegar a tempo.

A morte da atriz é uma grande perda para diversas áreas, já que Bibi foi um nome importante na televisão e principalmente nos palcos, estrelando musicais, peças de teatro e shows.

Com apenas 24 dias de vida, Bibi teve sua primeira experiência no teatro. Ela substituiu uma boneca da peça “Manhãs de Sol”, que sumiu minutos antes de a cortina abrir.

O vínculo familiar foi o que fez com ela começasse cedo no mundo teatral. Aos 18 anos, participou da peça “La Locandiera”, ao lado do pai, o célebre Procópio Ferreira. Um ano depois, a atriz viria a montar sua própria companhia – com figuras importantes, como Cacilda Becker e Maria Della Costa.

Em poucos anos, Bibi deu vida a três musicais marcantes. O primeiro foi “Minha Querida Dama”, de Frederich Loewe e Alan Jay Lerner, o segundo “Alô, Dolly!”, adaptação da obra “The Matcmaker”, de Thornton Wilder e “Piaf, a Vida de uma Estrela da Canção”, que homenageou a grande cantora francesa Edith Piaf

Com essa última produção, ela fez grande sucesso no Brasil e em Portugal, além de ter ganhado prêmios renomados como “Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA)”, “Mambembe” e “Molière”.

Mais do que ganhar premiações, hoje, o nome de Bibi é usado para prestigiar projetos teatrais brasileiros. Concebido em 2011, o Prêmio Bibi Ferreira é o primeiro prêmio exclusivo de teatro musical do Brasil.

Já na televisão, a atriz estreou como apresentadora, inaugurando a TV Excelsior com o programa chamado “Brasil 60”, ao vivo. Nele, ela trouxe grandes nomes do teatro para a frente das telinhas. Mas ela não parou por aí e também marcou presença em programas como “Bibi Sempre aos Domingos” e “Bibi ao Vivo”.

Poucos meses atrás, o empresário da cantora anunciou, no Facebook, o fim da sua carreira. Ele reproduziu o que a própria artista falou e explicou os motivos pelos quais ela estava deixando os palcos – enfatizando que Bibi não estava doente.

Nunca pensei em parar, essa palavra nunca fez parte do meu vocabulário, mas entender a vida é ser inteligente. Fui muito feliz com minha carreira. Me orgulho muito de tudo que fiz. Obrigada a todos que de alguma forma estiveram comigo, a todos que me assistiram, a todos que me acompanharam por anos e anos. Muito obrigada!”, agradeceu Bibi.