Brad Pitt desabafa sobre separação de Angelina Jolie: “Estou muito triste por isso”

O ator quebrou o silêncio.

Sim, o fim de Brad Pitt e Angelina Jolie, após cerca de 12 anos de união, era a separação pela qual o mundo não estava esperando, mas aconteceu: o amor acabou. E, em primeira mão, a People conseguiu uma declaração do ator:

Eu estou muito triste por isso, mas o que mais importa agora é o bem estar dos nossos filhos. Eu gentilmente peço à imprensa para que preserve eles nesse complicado período

Se restava alguma dúvida sobre o divórcio, não existe mais. A atriz entrou, de fato, com os papéis da separação e, de acordo com os documentos, ela cita ~diferenças irreconciliáveis~ como o principal motivo.

Ela deseja a custódia dos seus filhos – Maddox, Pax, Zahara, Shiloh, Vivienne e Knox -, porém, o artista teria o direito de visitar as crianças assegurado. Ela não quer assistência financeira de nenhum tipo do ator de “A Mexicana”.

“Angelina Jolie Pitt apresentou a dissolução do casamento. Essa decisão foi tomada pela saúde da família. Ela não irá falar sobre isso no momento, e pede privacidade nesta difícil fase”, disse o advogado da estrela.